Resumo Trabalho

CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS E MORBIDADES DE IDOSOS HOSPITALIZADOS COM PREJUÍZO NA CAPACIDADE FUNCIONAL

WILIANA APARECIDA ALVES DE BRITO FERNANDES, FABIANA MEDEIROS DE BRITO, SANNI MORAES DE OLIVEIRA, DÉBORA RODRIGUES ALVES DE LIMA e orientado por MARIA DAS GRAÇAS MELO FERNANDES

OBJETIVOU-SE INVESTIGAR AS CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS DE IDOSOS HOSPITALIZADOS COM PREJUÍZO NA CAPACIDADE DE REALIZAR ATIVIDADE E IDENTIFICAR MORBIDADES EVIDENCIADAS POR ESSES IDOSOS. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO, TRANSVERSAL, DESENVOLVIDO EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DA PARAÍBA, BRASIL. A AMOSTRA FOI DE 134 IDOSOS. A COLETA DE DADOS FOI REALIZADA NO PERÍODO DE NOVEMBRO DE 2016 A ABRIL DE 2017, MEDIANTE ENTREVISTA SUBSIDIADA POR INSTRUMENTO ESTRUTURADO CONTEMPLANDO QUESTÕES SOCIODEMOGRÁFICAS, CLÍNICAS E DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM DA CLASSE ATIVIDADE/EXERCÍCIO DA NANDA-I. FORAM OBSERVADOS TODOS OS ASPECTOS ÉTICOS EXPLICITADOS NA RESOLUÇÃO 466/2012. RESULTADOS: VERIFICOU-SE QUE A MAIORIA DOS IDOSOS ENTREVISTADOS PERTENCIAM AO SEXO FEMININO 73(54,5%), COM FAIXA ETÁRIA PREDOMINANTE DE SESSENTA À SESSENTA E NOVE ANOS 71(53,0%) E 66(49,3%) ERAM CASADOS. EVIDENCIOU-SE QUE 51(38,1%) REFERIRAM TER FREQUENTADO ESCOLA DE QUATRO A OITO ANOS E 110(82,1%) TINHAM RENDA ENTRE 1 E 3 SALÁRIOS MÍNIMO. EM RELAÇÃO AS MORBIDADES REFERIDAS PELOS IDOSOS INVESTIGADOS, HOUVE PREVALÊNCIA DE DOENÇAS RELACIONADAS AO SISTEMA CARDIOVASCULAR 55(41%). CONCLUSÃO: RESSALTA-SE A IMPORTÂNCIA DA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS ACURADOS E INDIVIDUALIZADOS À PESSOA IDOSA HOSPITALIZADA, ALÉM DE ELUCIDAR A NECESSIDADE DO IDOSO SER ASSISTIDO DE MANEIRA MULTIDIMENSIONAL, EM CONFORMIDADE COM ÀS SUAS NECESSIDADES BIOPSICOSSOCIAIS, COM VISTAS, AO BEM ESTAR GLOBAL DO MESMO.

Veja o artigo completo: PDF