Resumo Trabalho

IMPACTOS DA INSUFICIÊNCIA FAMILIAR NO CUIDADO AO IDOSO E AS CONTRIBUIÇÕES DA ATENÇÃO PRIMÁRIA

RENALLY CHRYSTINA DE ARAUJO ROCHA, IGOR DE SOUSA NÓBREGA, WENDSON ARAUJO MOURA, GABRIELE SANTOS DO NASCIMENTO e orientado por CAROLINA PEREIRA DA CUNHA SOUSA

AVANÇOS SOCIAIS, TECNOLÓGICOS E MÉDICOS POSSIBILITARAM A POPULAÇÃO BRASILEIRA O AUMENTO NA EXPECTATIVA DE VIDA. A PARTIR DESSA NOVA REALIDADE HOUVE UM AUMENTO DA QUANTIDADE DE IDOSOS COM MORBIDADES CRÔNICAS QUE, POR SUA VEZ, NECESSITAM DE UM CUIDADO CONTÍNUO. PARALELAMENTE A ESSES EVENTOS HOUVE DISPERSÃO DOS NÚCLEOS FAMILIARES QUE SE TORNARAM MENORES. DESSA FORMA PARA RESPONDER A PERGUNTA “COMO A FUNÇÃO FAMILIAR INFLUENCIA A SAÚDE DO IDOSO E COMO A ATENÇÃO PRIMÁRIA PODE AGIR NESSA SITUAÇÃO?” FOI REALIZADO UM ESTUDO DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA NAS BASES DE DADOS BVS, LILACS, PUBMED E SCIELO COM EMPREGO DOS DESCRITORES E OPERADORES BOOLEANOS: “INSUFICIÊNCIA FAMILIAR”; "IDOSO" AND "RELAÇÕES FAMILIARES" AND "ATENÇÃO PRIMÁRIA"; "FAMILY RELATIONSHIPS" AND "PRIMARY CARE" (PUBMED). FORAM INCLUÍDOS ARTIGOS DISPONÍVEIS NA ÍNTEGRA; REALIZADOS EM HUMANOS; COM TEMA PRINCIPAL “SAÚDE DO IDOSO” E “ATENÇÃO PRIMÁRIA”; NOS IDIOMAS INGLÊS, ESPANHOL E PORTUGUÊS; ENTRE 2012-2019. DIANTE DOS DADOS COLHIDOS FOI VERIFICADO QUE AUSÊNCIA DE FUNÇÃO FAMILIAR SATISFATÓRIA CONTRIBUI PARA BAIXA ADERÊNCIA AO TRATAMENTO DAS MORBIDADES CRÔNICAS, O QUE LEVA AO ENVELHECIMENTO MALSUCEDIDO TRAZENDO CONSEQUÊNCIAS PARA OS CUIDADOS DESSES PACIENTES. ACENTUANDO SITUAÇÕES COMO VULNERABILIDADE, FRAGILIDADE, ISOLAMENTO SOCIAL E DIMINUIÇÃO DA AUTONOMIA NO IDOSO O QUE LEVA A ÍNDICES CADA VEZ MAIORES DE DEPRESSÃO E BAIXA AUTOESTIMA. A FAMÍLIA POR SUA VEZ ATUA AUXILIANDO O INDIVÍDUO DA TERCEIRA IDADE A LIDAR COM FATORES DO ENVELHECIMENTO E COM PROBLEMAS DE SAÚDE. DESSA FORMA É NECESSÁRIA À AÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA NO INTUITO DE DIMINUIR A DEPENDÊNCIA E CONSCIENTIZAR A FAMÍLIA DO PAPEL DELA NA SAÚDE DO IDOSO

Veja o artigo completo: PDF