Resumo Trabalho

DOMÍNIOS EMOCIONAIS E SOCIAIS NA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS

CÁIO DA SILVA DANTAS RIBEIRO, ADRIANA MARIA DA SILVA, CAMILLA PEIXOTO SANTOS, TALITA CARINA DO NASCIMENTO

RESUMO Fatores que estão comumente relacionadas ao estado de saúde, níveis de dependência e participação no contexto social, podem causar o envelhecimento precoce. A formação do conceito sobre o idoso não se restringe só a eles, mas a todos os indivíduos que integram a sociedade, tendo vínculo familiar ou não com a terceira idade. A construção da figura do ser humano idoso, como pessoa que não consegue mais contribuir para a comunidade na qual vive, deve ser um ponto a ser repactuado como identidade de si próprio, incluindo o meio socioemocional. Assim o objetivo deste estudo é identificar problemas na relação de domínios sociais e emocionais na prática de atividades diárias. O estudo caracteriza-se pela utilização do método descritivo de campo, com abordagem qualitativa dos dados e delineamento transversal. A amostra totalizou 103 sujeitos, ambos os gêneros, 22 para o sexo masculino e 81 do sexo feminino, com média de idade 72,09 ± 5,74 anos. Foi utilizado como ferramenta de coleta o questionário genérico de qualidade de vida SF-36, traduzido para a língua portuguesa. Os questionários foram aplicados utilizando a técnica de entrevista onde as questões são claramente lidas pelos entrevistadores que marcam as respostas apresentadas pelos sujeitos. Para a tabulação dos dados foram utilizados os programas: EPIDATA e SPSS v.18 que possibilitaram a aquisição dos valores descritivos, frequências e médias referentes às variáveis de estudo e a obtenção das tabelas para a apresentação dos dados. Os resultados apontam que os idosos participantes do Programa de Atendimento ao Idoso no qual o Hospital Geral de Areias oferece, não apresentaram problemas em relação aos domínios sociais e emocionais para realização das atividades diárias. As atividades realizadas pelo programa ajudam os idosos a ter uma boa autoestima, relação social, e consequentemente autopercepção de bem estar mental, físico e social, configurando assim um quadro de vida com saúde.

Veja o artigo completo: PDF