Resumo Trabalho

A PERSPECTIVA DO DISCENTE INSERIDO NO PROJETO CUIDA IDOSO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE ATIVIDADE DE VERIFICAÇÃO DE GLICEMIA CAPILAR.

ANDERSON RODRIGO PRAXEDES DE FARIAS, FABIANA BARROS PALMEIRA, IANNE ROBERTA SALES DOS SANTOS, TÂNIA MARIA ALVES BENTO e orientado por FERNANDA SILVA MONTEIRO e orientado por FERNANDA SILVA MONTEIRO

Introdução: O Brasil caminha velozmente rumo a um perfil demográfico cada vez mais envelhecido; fenômeno que, sem sombra de dúvidas, implicará na necessidade de adequações das políticas sociais, particularmente daquelas voltadas para atender às crescentes demandas nas áreas da saúde ( BRASIL, 2014). Objetivos: Descrever a partir da perspectiva do aluno a participação na realização de glicemia capilar no idoso atendido no projeto de extensão CUIDAIDOSO por ocasião do cadastramento no grupo. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência de um acadêmico do curso de enfermagem que participou da implantação do projeto. Os descritores escolhidos foram Idosos, Interdisciplinariedade, Glicemia, busca na BVS, Scielo. O relato do vivido englobou atividade executada no cadastro da população idosa, cujo intuito era rastrear possíveis alterações para intervenção através de atividades educativas/assistenciais. Resultados: O diagnóstico do diabetes é estabelecido: a) na presença dos sintomas de diabetes e de glicemia casual maior ou igual a 200 mg/dl, seja essa realizada a qualquer hora do dia, independentemente do horário das refeições; b) na presença dos sintomas de diabetes e de glicemia de Jejum maior ou igual a 126mg/dl, devendo ser confirmado esse exame com nova glicemia. (BRASIL, 2013). Conclusões: Perante o resultado vimos à importância de planejamos umas atividades para idosos, com o intuito de ajudar no controle da Diabetes Mellitus; proporcionando educação e saúde, atividade física e momentos de recreação na associação dos moradores do Conj. Beira Mar do bairro de Cruz das Almas, próximo das mediações do Centro Universitário Tiradentes. Com este projeto, foi possível conhecer a realidade de muitos idosos e sua rotina de vida, prestar um cuidado ao indivíduo de forma integral e ter a experiência de exercitar a interdisciplinaridade. Desta forma o contato com os idosos, em seu ambiente, além de ter favorecido a criação de vínculo e respeito para com cada um deles, mostrou o cotidiano de grande parte desses idosos que residem no entorno de nossa instituição.

Veja o artigo completo: PDF