Resumo Trabalho

GRUPO DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS: PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

MARÍLIA LOURENCIO DOS SANTOS, LICIA MARIANNE PESSOA FARIAS, THAIS MONARA BEZERRARAMOS, MARIA TEREZA DANTAS BEZERRA e orientado por ALINE MARIA MELO DA SILVA e orientado por ALINE MARIA MELO DA SILVA

Em relação à atenção básica e a saúde do idoso no Brasil, a Estratégia de Saúde da Família (ESF) configura-se como porta de entrada para o sistema de saúde onde as ações que abrangem a promoção, a prevenção, o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação devem acontecer, sendo assim, a ESF prevê a integralidade da atenção à saúde em todos os ciclos da vida. Este trabalho tem por objetivo, apresentar uma experiência desenvolvida por profissionais de saúde, em uma ESF, com a finalidade promover aos usuários um envelhecimento ativo e qualidade de vida. Trata-se de estudo um descritivo, do tipo relato de experiência, realizado desde o ano de 2006 aos dias atuais, construído através da vivência dos residentes vinculados a Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade (RMSFC), na Unidade Integrada de Saúde da Família Mudança de Vida (USF – Mudança de Vida), constituída de quatros equipes, localizada no bairro de Gramame no munícipio de João Pessoa, Paraíba. As atividades são realizadas por meio de encontros e discussões acerca de temáticas sugeridas, como: Relaxamento, Musicoterapia, discussões sobre Sexualidade, Higiene Bucal, Hipertensão, Diabetes, Passeios, e as festividades de datas comemorativas e etc. Portanto, evidencia-se que as atividades educativas ofertadas aos idosos nas diversas ações descritas neste trabalho contribuem de forma positiva para a melhoria da qualidade de vida e para a conquista do envelhecimento saudável. A participação dos profissionais de saúde é essencial ao aperfeiçoamento das propostas de prevenção e promoção, almejando a prevenção das doenças crônicas não transmissíveis, além da busca pela longevidade com mais qualidade de vida.

Veja o artigo completo: PDF