Resumo Trabalho

ÓBITOS DE IDOSOS POR PNEUMONIA NO BRASIL (2012-2016).

CLARICE NASCIMENTO DA SILVA, ANNA BEATRYZ LIRA DA SILVA, GABRIELLA SILVA NOGUEIRA, ISADORA ROBERTA FONSÊCA ALVES e orientado por ANÚBES PEREIRA DE CASTRO e orientado por ANÚBES PEREIRA DE CASTRO

A Pneumonia é considerada uma reação inflamatória nos pulmões, consequente de uma infecção que se instala neste órgão, a qual pode ser ocasionada por diversos microrganismos. Durante o envelhecimento do corpo humano, ocorrem alterações fisiológicas aumentando o risco de pneumonias e outras doenças respiratórias, pois com o avançar da idade o sistema imunológico também envelhece e enfraquece o combate. Com isso, esse trabalho tem por objetivo averiguar o número de óbitos em idosos por pneumonia no Brasil entre os anos de 2012 a 2016. Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, de abordagem quantitativa, realizado no mês de agosto do corrente ano, através do Sistema de Informações Hospitalares (SIH-SUS). Com a obtenção dos dados, notou-se que o número de internações por pneumonia ultrapassou um milhão em todo o país durante os anos estudados, bem como o número de óbitos chegou a 200 mil. O Sudeste liderou com o maior número de registros de óbitos, seguido pela região Sul. Em relação ao gênero, o masculino obteve o maior número de óbitos, com discreta diferença em relação ao feminino. Além disso, a Pneumonia hospitalar também está em destaque, mostrando a necessidade de cuidados e estratégias de prevenção destas infecções no âmbito hospitalar. Com base nestes achados, conclui-se que os profissionais devem estar atentos para os sinais dessa doença, principalmente no público idoso, pois o próprio envelhecimento deixa o indivíduo propenso a complicações mais graves.

Veja o artigo completo: PDF