Resumo Trabalho

A REPRESENTAÇÃO DO IDOSO POLÍTICO NA MÍDIA

BÁRBARA GABRIELLY SILVA MOREIRA, LEONARDO FARIAS DE ARRUDA e orientado por MARIA DO CARMO EULÁLIO

O ENVELHECIMENTO POPULACIONAL REPRESENTA UM FENÔMENO IMPORTANTE NA CONTEMPORANEIDADE, ATRAVESSADO POR ANTIGOS DOGMAS E ESTIGMAS. É COMUM A ASSOCIAÇÃO DE VELHICE COM O DECLÍNIO FÍSICO E MENTAL, POTENCIALIZANDO PRÁTICAS DISCRIMINATÓRIAS, CONFIGURANDO O AGEÍSMO. DESTA FORMA, A PARTIR DA REPRESENTAÇÃO MIDIÁTICA, ESTES ASPECTOS PODEM SE RELACIONAR, POSITIVA OU NEGATIVAMENTE, A PARTIR DO QUE SÃO VEICULADOS A ESTE TIPO DE INFORMAÇÃO. O OBJETIVO PRINCIPAL DESTE ARTIGO FOI IDENTIFICAR A REPRESENTAÇÃO DO IDOSO POLÍTICO NA MÍDIA E SUA RELAÇÃO COM O AGEÍSMO. A COLETA DE DADOS SEU DEU A PARTIR DAS CAPAS DE REVISTA ÉPOCA REFERENTES AO ANO DE 2016, CATALOGANDO IMAGENS PRINCIPAIS E SEUS ENUNCIADOS. PARA ALCANÇAR O OBJETIVO PROPOSTO, REALIZOU-SE UMA ANÁLISE DE CONTEÚDO CONCOMITANTEMENTE A ANÁLISE SEMIÓTICA DE IMAGENS PARADAS, A FIM DE COMPREENDER SIGNIFICADOS E SENTIDOS. DE CUNHO QUALITATIVO, OS DADOS FORAM DIVIDIDOS EM QUATRO CATEGORIAS, PARA UMA APRECIAÇÃO ANALÍTICA MAIS DETALHADA. A PARTIR DOS DADOS OBTIDOS, SE CONFIGUROU A REPRESENTAÇÃO SOCIAL DO IDOSO POLÍTICO, PERPASSADOS POR CARACTERÍSTICAS SOCIAIS, ECONÔMICAS E POLÍTICAS, ATRIBUINDO VALORES QUALITATIVOS, INFLUENCIANDO A PERCEPÇÃO ACERCA DESTES SUJEITOS. FOI POSSÍVEL OBSERVAR QUE AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS RELACIONADAS AO ENVELHECIMENTO, E QUE SE RELACIONAM AO PRECONCEITO, NÃO PERPASSARAM AS REPRESENTAÇÕES DESSES IDOSOS POLÍTICOS, PRINCIPALMENTE PELOS MESMOS NÃO SE RECONHECEREM NESTA FAIXA ETÁRIA.

Veja o artigo completo: PDF