Resumo Trabalho

FATORES SOCIODEMOGRÁFICOS ASSOCIADOS COM A ESPIRITUALIDADE E RELIGIOSIDADE EM IDOSOS LONGEVOS NA CIDADE DO RECIFE – PE

MARÍLIA GABRIELLE SANTOS NUNES, LARYSSA GRAZIELLE FEITOSA LOPES e orientado por MÁRCIA CARRERA CAMPOS LEAL e orientado por MÁRCIA CARRERA CAMPOS LEAL

OBJETIVOS: Avaliar a qualidade de vida no domínio da espiritualidade, religião, crenças pessoais e fatores associados em idosos longevos assistidos pela Estratégia Saúde da Família; e caracterizar a casuística estudada segundo variáveis sócio-demográficas. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal, realizado no período de abril a agosto de 2015. A coleta de dados foi realizada com os idosos das ESF da microrregião 4.2 da cidade do Recife-PE. Para isso, foi utilizado o questionário WHOQOL-SRPB, tendo como variáveis independentes dados sociodemográficos, econômicos, apoio social, depressão e satisfação com a vida. RESULTADOS E CONCLUSÕES: As principais características da amostra, em relação aos dados demográficas e socioeconômicas foram: 77% do sexo feminino, 34% da raça branca, 46% com escolaridade de 1 a 4 anos, 63% viúvo, 76% com renda de 1 a 2 salários mínimos, 73% aposentados e 72% religião católica. Os idosos que tinham boa rede social, atribuíam um maior valor a Espiritualidade/Religiosidade/Crenças, sendo encontrado valor significativo p=0,03. A qualidade de vida no idoso provavelmente está relacionada com a autoestima e com o bem-estar pessoal/espiritual e, neste âmbito, profissionais de saúde precisam estar engajados e incorporar este conhecimento, principalmente aqueles atrelados aos serviços de atenção primária à saúde.

Veja o artigo completo: PDF