Resumo Trabalho

ABORDAGEM BIOPSICOSSOCIAL NOS ATENDIMENTOS DE PRESBIACUSIA

JULIANA MACHADO AMORIM, JESSYANE SAMARA PEREIRA MATIAS , NEIRILANNY DA SILVA PEREIRA e orientado por VILMA FELIPE COSTA DE MELO

A PRESBIACUSIA OU SURDEZ SOCIAL, CONDUZ A UM ISOLAMENTO PROGRESSIVO DO IDOSO PELA DIFICULDADE DE COMUNICAÇÃO, COMPROMETENDO INTENSAMENTE SUA QUALIDADE DE VIDA, DEVIDO AO SOFRIMENTO PSÍQUICO. A CAPACIDADE DE OUVIR O CLIENTE, RESPEITANDO SUAS DIFICULDADES E AMPARÁ-LOS, GARANTE CONFIANÇA E POSITIVIDADE NO ACOLHIMENTO, E DESTA FORMA, PERMITE A INTEGRALIDADE DO CUIDADO. FUNDAMENTADA NESSA PERSPECTIVA, BUSCA-SE IDENTIFICAR A ABORDAGEM BIOPSICOSSOCIAL NOS ATENDIMENTOS DE PRESBIACUSIA PELOS PROFISSIONAIS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DE JOÃO PESSOA, E OS BENEFÍCIOS QUE A HUMANIZAÇÃO REALIZA. A PESQUISA FOI REALIZADA NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE PERTENCENTES AO DISTRITO SANITÁRIO III, CUJA POPULAÇÃO COMPREENDE 255 PROFISSIONAIS DE SAÚDE DE AMBOS OS GÊNEROS, E UMA AMOSTRA DE 72 DESTES PROFISSIONAIS. O INSTRUMENTO UTILIZADO PARA COLETA DE DADOS SE DEU POR MEIO DE UM QUESTIONÁRIO ESTRUTURADO, JUNTO COM O TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE), CUMPRINDO AS RESOLUÇÕES ÉTICAS BRASILEIRAS, EM ESPECIAL A RESOLUÇÃO CNS 466/2012.OS DADOS FORAM COLETADOS APÓS APROVAÇÃO DO PROJETO PELO COMITÊ DE ÉTICA E PESQUISA (CEP) DAS FACULDADES NOVA ESPERANÇA (CAAE 13034819.0.00005179). A PESQUISA CONTRIBUIU PARA VISUALIZAR A ABORDAGEM DOS ASPECTOS BIOPSICOSSOCIAIS NOS ATENDIMENTOS DE DEFICIENTES AUDITIVOS IDOSOS, REFERENTE A PRESBIACUSIA, E IDENTIFICAR A HUMANIZAÇÃO NA ASSISTÊNCIA DESTES ATENDIMENTOS. PERCEBEU-SE POR PARTE DE ALGUNS PROFISSIONAIS, DIFICULDADE NA COMUNICAÇÃO, SENDO UTILIZADAS COMO ESTRATÉGIAS FACILITADORAS, AS GESTUAIS. ESTA DIFICULDADE POR PARTE DOS PROFISSIONAIS, PRECISAM SER VENCIDAS, PORTANTO, O USO DE UM RECURSO TECNOLÓGICOS DE CAPACITAÇÃO IRÁ VALORIZAR A RELAÇÃO PROFISSIONAL-CLIENTE, PROPORCIONANDO RESPEITO NO CUMPRIMENTO DO SEU PAPEL ENQUANTO CIDADÃO.

Veja o artigo completo: PDF