Resumo Trabalho

PÉ DIABÉTICO EM IDOSOS: ANÁLISE DESSE PROBLEMA A LUZ DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

LICIA MARIANNE PESSOA FARIAS, THAIS MONARA BEZERRARAMOS, GERLANIA RODRIGUES SALVIANO FERREIRA, MARÍLIA LOURENCIO DOS SANTOS e orientado por MARIA TEREZA DANTAS BEZERRA TAVARES e orientado por MARIA TEREZA DANTAS BEZERRA TAVARES

O Diabetes Mellitus é caracterizado como um grupo de doenças metabólicas ocasionado por uma falha da secreção de insulina pelo pâncreas, pela incapacidade da insulina de exercer sua ação no organismo humano ou por ambos. Entre as complicações crônicas do DM o pé diabético é considerado a mais incapacitante. O objetivo deste trabalho foi analisar a produção científica acerca do pé diabético em idosos, em periódicos indexados na base de dados LILACS, no período de 2005 a 2015. O estudo é do tipo exploratório e descritivo, de abordagem quantitativa, realizado a partir de uma revisão integrativa, teve como metodologia a busca ativa de informações nas bases de dados do LILACS. A análise dos dados ocorreu através SPSS versão 21.0 e apresentados em forma de tabelas. Foram encontrados 120 artigos no LILACS, sendo que 47 artigos estavam na forma de texto completo. Entre os 15 periódicos que publicaram sobre o tema, quatro eram de enfermagem, o foco do título mais mencionado foi a relação entre DM e pé diabético (33,3%), o local de realização da pesquisa foi o hospital (61,1%), o país que mais realizou estudos foi o Brasil (61,1%) e o ano em que houve mais pesquisas foi 2014 (38,9%). É possível identificar que muito tem sido discutido acerca do pé diabético pelos autores, contudo, como a população idosa tende a crescer, idosos e cuidadores, profissionais ou leigos, devem ser constantemente orientados sobre a importância da adoção de medidas de prevenção do pé diabético.

Veja o artigo completo: PDF