Resumo Trabalho

FATORES DE RISCO PARA O ADOECIMENTO MENTAL EM PESSOAS IDOSAS CARDIOPATAS

RAIANE JORDAN DA SILVA ARAÚJO, ROBERTA VIRTUOSO DE SOUSA, YASMIM VIRTUOSO DE SOUSA, JANAÍNA PAULA CALHEIROS PEREIRA SOBRAL

O envelhecimento pode ser vivenciado de maneira conflituosa marcada por algumas situações de adoecimento físico e mental. Esta pesquisa teve como objetivo identificar fatores de risco para o adoecimento mental relacionados a presença de cardiopatias em pessoas idosas. Trata-se de uma revisão bibliográfica sistemática na qual foram utilizados os descritores “ cardiopatias AND idosos” como estratégia de busca nas bases de dados SCIELO e LILACS. Sendo adotados os seguintes critérios de inclusão: publicações no período de 2006 a 2016, que tratassem deste assunto, e que fossem escritos em português. Adotados como critérios de exclusão: repetição nas bases de dados, ausência de resposta quanto a pergunta de pesquisa. Assim, foram encontrados 244 artigos sendo selecionados 08 e destes foram analisados, 05. Os fatores de risco encontrados que podem causar dano mental e estão associados a doença cardíaca em pessoas idosas foram: falta de autonomia, dependência, o fato de não sair de casa e medo de morrer. Ficou evidente que a pessoa idosa cardiopata possui riscos de adoecimento mental; portanto as ações de saúde para esse público também devem ser realizadas na ótica da saúde mental.

Veja o artigo completo: PDF