Resumo Trabalho

MINDFULNESS COMO UMA FERRAMENTA PARA AMENIZAR DORES CRÔNICAS EM IDOSOS

LUANA DIAS SANTIAGO PIMENTA, ELIDIANNE LAYANNE MEDEIROS DE ARAÚJO, LAIANNE SANTOS BARBOSA DE SOUZA, LARISSA LAIANE PIRES FERREIRA e orientado por SUELLEN MARINHO ANDRADE

O ENVELHECER EM SUA GENERALIDADE VEM ACOMPANHADO DA DIMINUIÇÃO DE PARÂMETROS INDICADORES DE SAÚDE, COMO A FREQUENTE PRESENÇA DE ENFERMIDADES ASSOCIADAS A DORES CRÔNICAS NOS IDOSOS. NESTE CONTEXTO, FAZ-SE MISTER ENCONTRAR ALTERNATIVAS QUE MINIMIZEM AS CONSEQUÊNCIAS ADVINDAS DE TAIS PATOLOGIAS E QUE APRESENTEM EFEITOS COLATERIAIS DIMINUTOS OU INEXISTENTES, UMA VEZ QUE O SEU USO SERÁ, PROVAVELMENTE, POR TEMPO PROLONGADO. A PRÁTICA DE MINDFULNESS – EXERCÍCIO QUE CAPACITA AS PESSOAS A CONCENTRAREM-SE NAS EXPERIÊNCIAS DO AGORA, PROPORCIONANDO O CULTIVO DE ATITUDES NÃO PRESUMIDAS DE PENSAMENTOS, EMOÇÕES E DOR, (SMITHERMAN; WELLS; FORD, 2015) - TEM SIDO USADA COMO TRATAMENTO ÚNICO OU COADJUVANTE DE DOENÇAS CRÔNICAS POR MINIMIZAR O SOFRIMENTO ANTE A DOR. ESTE ESTUDO OPTOU POR APROFUNDAR-SE NA PESQUISA DA EFETIVIDADE DA PRÁTICA DE MINDFULNESS NO CONTEXTO DA MIGRÂNEA CRÔNICA, QUE É UMA RELEVANTE PATOLOGIA CRÔNICA DOLOROSA . REALIZOU-SE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA NAS BASES DE DADOS VIRTUAIS PUBMED/MEDLINE, PORTAL PERIÓDICOS CAPES E PEPSIC, UTILIZANDO-SE AS ASSOCIAÇÕES DE DESCRITORES EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (DECS) E/OU PALAVRAS-CHAVES: “ATENÇÃO PLENA E ENXAQUECA” E “CONSCIÊNCIA PLENA E ENXAQUECA”, E OS SEUS EQUIVALENTES EM INGLÊS. NO TOTAL, EXCLUÍDOS RESULTADOS QUE FUGIRAM DO ESCOPO DA TEMÁTICA, RESTARAM DEZ DOCUMENTOS CIENTÍFICOS. CONCLUIU-SE QUE A PRÁTICA DE MINDFULNESS FOI PROMISSORA NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE MIGRÂNEA CRÔNICA, POR PROPORCIONAR A REDUÇÃO DA SUA SINTOMATOLOGIA DOLOROSA. DESTA FORMA, ACREDITA-SE QUE ESTA TERAPÊUTICA PODE SER UMA BOA ALTERNATIVA NO TRATAMENTO DAS DORES CRÔNICAS COMUNS EM ENFERMIDADES NOS PACIENTES IDOSOS.

Veja o artigo completo: PDF