Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ASSISTÊNCIA PRESTADA AOS IDOSOS ADMITIDOS EM UM PRONTO ATENDIMENTO DE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA – PB

CHARLENE GLAUCIA NUNES DE ALMEIDA, RAYSSA SOBREIRA CAMURÇA, LORENNA TORRES ANDRADE DA NÓBREGA, LUANA DINIZ CAMPOS e orientado por JANUÁRIA DE MEDEIROS SILVA ESPECIALISTA EM GERIATRIA PELA SBGG/AMB E MESTRADO EM GERIATRIA PELA UNIVERSIDADE DE BERMIGHAN - INGLATERRA

A PESSOA IDOSA É MAIS VULNERÁVEL A SER ACOMETIDA POR COMPLICAÇÕES CRÔNICAS, QUE INTERFERE DE FORMA SIGNIFICATIVA NA QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO E NA DINÂMICA FAMILIAR, TORNANDO A NECESSIDADE EM SAÚDE MAIS IMPORTANTE. SENDO ASSIM, O ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO AVALIAR A QUALIDADE DA ASSISTÊNCIA PRESTADA AOS IDOSOS EM PRONTO ATENDIMENTO. TRATA-SE DE UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA-DESCRITIVA, COM ABORDAGEM QUANTI-QUALITATIVA, COMPOSTA POR 20 IDOSOS. O INSTRUMENTO UTILIZADO FOI UM FORMULÁRIO DE ENTREVISTA ESTRUTURADO. COMO RESULTADOS, OBSERVAMOS QUE 30% SÃO DO SEXO MASCULINO E 70% DO SEXO FEMININO. COM RELAÇÃO À QUESTÃO DO ACOLHIMENTO, 90% RELATARAM QUE NÃO SE SENTEM BEM ACOLHIDOS E 10% AFIRMARAM QUE SÃO. SOBRE A ASSISTÊNCIA AOS IDOSOS NAS SUAS NECESSIDADES, OBSERVOU-SE QUE APENAS 15% AFIRMARAM SER ATENDIDOS DENTRO DAS SUAS NECESSIDADES, 35% RELATAM QUE SÓ DETÊM ATENÇÃO DO PROFISSIONAL QUANDO ESSE VEM ADMINISTRAR ALGUMA MEDICAÇÃO E 50% RELATARAM QUE ACIONAM AJUDA, PORÉM NÃO A RECEBEM EM TEMPO HÁBIL. A RESPEITO DAS INFORMAÇÕES FORNECIDAS AOS IDOSOS E FAMILIARES QUANTO AO SEU QUADRO, 30% AFIRMARAM QUE TOMAM CIÊNCIA DO SEU CASO E 70% RELATARAM QUE NÃO RECEBEM NENHUMA ORIENTAÇÃO. EM RELAÇÃO AO SENTIMENTO EXPERIMENTADO DIANTE DA ESPERA NO ATENDIMENTO E QUANDO PERMANECEM EM OBSERVAÇÃO NO PRONTO ATENDIMENTO, 30% SE SENTEM ANGUSTIADOS E INQUIETOS; 60% REFEREM SENSAÇÃO DE ISOLAMENTO E ABANDONO; E 10% RELATARAM QUE SENTEM QUE SUA VIDA SE ENCERRARÁ NAQUELE LOCAL. CONCLUI-SE QUE É NECESSÁRIO ESTABELECER AÇÕES ESTRATÉGICAS, COMO TAMBÉM APRIMORAR AS ORIENTAÇÕES POR INTERMÉDIO DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE, VISANDO UMA MELHOR ASSISTÊNCIA A POPULAÇÃO IDOSA.

Veja o artigo completo: PDF