Resumo Trabalho

COMPORTAMENTO SEXUAL E CONHECIMENTO DE PESSOAS IDOSAS ACERCA DA TRANSMISSÃO DO HIV

JULIANA SOUZA DE MEDEIROS, GEOVANA CRISTIANE VIANA SANTOS, MARIA HELLENA FERREIRA BRASIL, YANNE JANNINE GOMES ARAÚJO MORAIS e orientado por JIOVANA DE SOUZA SANTOS

NOS ÚLTIMOS ANOS OBSERVOU-SE UMA TRANSFORMAÇÃO NA PIRÂMIDE ETÁRIA, CARACTERIZADA PELO AUMENTO SIGNIFICATIVO DE PESSOAS IDOSAS, ASSOCIADA AO AVANÇO DA EXPECTATIVA DE VIDA DESTE GRUPO. APESAR DOS ESTIGMAS CRIADOS PELA SOCIEDADE, OS IDOSOS MANTÊM A VIDA SEXUAL ATIVA. DE MODO QUE OS ESTUDOS DEMONSTRAM QUE A VULNERABILIDADE ÀS INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS, HIV E/OU AIDS NESSE GRUPO É ELEVADA DEVIDO À AUSÊNCIA DAS PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE VOLTADAS PARA A SEXUALIDADE DESTE GRUPO. DESTA FORMA, O PRESENTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO INVESTIGAR O COMPORTAMENTO SEXUAL E O CONHECIMENTO DA PESSOA IDOSA ACERCA DA INFECÇÃO AO HIV E/OU AIDS ATRAVÉS DA ANÁLISE DO DISCURSO DO SUJEITO. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO E EXPLORATÓRIO, COM ABORDAGEM QUANTI-QUALITATIVA. A AMOSTRA FOI CONSTITUÍDA POR 20 IDOSOS FREQUENTADORES DE UM CLUBE DA PESSOA IDOSA. RESSALTA-SE QUE FORAM RESPEITADOS OS ASPECTOS ÉTICOS NORMATIZADOS PELA RESOLUÇÃO 466/2012 DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE. OBTEVE-SE COMO PRINCIPAIS RESULTADOS: OS IDOSOS MANTÊM VIDA SEXUAL ATIVA E O CONHECIMENTO ACERCA DA TRANSMISSÃO DO HIV E/OU AIDS É DEFICIENTE. MEDIANTE O EXPOSTO, O ESTUDO SERVE COMO FOMENTO PARA A FORMULAÇÃO E FORTALECIMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE VOLTADAS PARA A SEXUALIDADE DOS IDOSOS, ASSIM COMO A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE ADAPTADAS PARA O CENÁRIO DE CADA POPULAÇÃO.

Veja o artigo completo: PDF