Resumo Trabalho

COMORBIDADES ENTRE IDOSOS TABAGISTAS

JÉSSIKA SILVA CARVALHO, DÉBORA THAIS BATISTA GOMES e orientado por CLÉSIA OLIVEIRA PACHÚ

COMORBIDADE É A EXISTÊNCIA DE DUAS OU MAIS DOENÇAS EM SIMULTÂNEO NA MESMA PESSOA. SABE-SE QUE IDOSOS ESTÃO MAIS PROPENSOS A APRESENTAR COMORBIDADES QUANDO DO USO DO TABACO O PRESENTE ESTUDO OBJETIVOU INTERVIR FRENTE AS COMORBIDADES DE PACIENTES IDOSOS EM TRATAMENTO DE TABAGISMO. FOI UTILIZADA METODOLOGIA ATIVA DO TIPO APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS COM 17 IDOSAS PARTICIPANTES DO PROGRAMA MULTIDISCIPLINAR DE TRATAMENTO DE TABAGISTAS (PMTT) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE, PARAÍBA, NO PERÍODO DE FEVEREIRO A SETEMBRO DE 2018. FORAM REALIZADAS INTERVENÇÕES FARMACÊUTICAS UTILIZANDO O MÉTODO DÁDER DURANTE AÇÕES DO PROGRAMA REALIZADAS NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ALCIDES CARNEIRO. FORAM ASSISTIDOS 100 TABAGISTAS DOS QUAIS 17 ERAM IDOSOS, POSSUÍAM IDADE IGUAL OU SUPERIOR A 60 ANOS, TODOS VOLUNTÁRIOS. NO PRIMEIRO MOMENTO FORAM SOLICITADAS INFORMAÇÕES PESSOAIS, MORBIDADES E HISTÓRICO TABÁGICO. OS RESULTADOS APONTARAM PRESENÇA SIGNIFICATIVA DE DOENÇAS PSIQUIÁTRICAS, CARDIOVASCULARES, METABÓLICAS E RESPIRATÓRIAS NESSES PACIENTES. FAZ-SE NECESSÁRIO O ACOMPANHAMENTO POR EQUIPE MULTIDISCIPLINAR DE IDOSOS TABAGISTAS CONDUZINDO A MELHORIA DO QUADRO DE SAÚDE DOS ASSISTIDOS.

Veja o artigo completo: PDF