Resumo Trabalho

FISIOTERAPIA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE VOLTADA AO IDOSO – ASPECTOS DE UMA CAPITAL DA REGIÃO NORTE

BRUNA D PAULA SOUZA DA COSTA, LUZIELMA MACÊDO GLÓRIA, MAYARA DO SOCORRO BRITO DOS SANTOS, EDILENE DO SOCORRO NASCIMENTO FALCÃO SARGES e orientado por CRISLAINY VIEIRA FREITAS e orientado por CRISLAINY VIEIRA FREITAS

Introdução: A transição demográfica vem ocorrendo de forma acelerada e repercute com grande impacto nos serviços de saúde. Por sua vez, o modelo de saúde enfrenta modificações, adotando um enfoque mais assistencial, promotor da saúde e preventivo, que prima pela interdisciplinaridade. Na composição da equipe multidisciplinar a fisioterapia na atenção primária destinada a gerontologia destaca-se por suas diversas possibilidades de atuação. Objetivo: Descrever a experiência de uma fisioterapeuta, residente em saúde do idoso, em uma Unidade Municipal de Saúde da cidade de Belém-PA, no contexto da Fisioterapia gerontológica. Descrição da experiência: O presente estudo tem caráter descritivo, observacional e retrospectivo e consiste em um relato de experiência sobre a atuação da fisioterapia na atenção primária em saúde direcionada a pessoa idosa, durante a vivencia no cenário de prática da fisioterapeuta residente multiprofissional em saúde do idosos na Unidade Municipal de Saúde (UMS) localizada no bairro da Marambaia, no Distrito Administrativo do Entroncamento, da cidade de Belém - PA, durante o período de setembro a dezembro de 2016. Resultados: Durante esta experiência, observou-se que o fisioterapeuta na UMS Marambaia, no que tange a gerontologia, atua no atendimento ambulatorial, de forma individualizada, realiza exercícios físicos em grupos específicos para idosos, promove atividades periódicas de educação em saúde com caráter interdisciplinar sobre temas inerentes ao envelhecimento, contribui na coordenação de atividades integrativas de lazer junto à comunidade e ainda realiza atividades e/ou grupos específicos de acordo com as demandas apresentadas, além disso essa Unidade funciona como um campo de educação, servindo de cenário de prática para acadêmicos da área de fisioterapia e profissionais em período de residência. Considerações finais: Esta experiência ressalta a importância do fisioterapeuta na equipe multiprofissional em saúde a nível da atenção primária, bem como possibilita demonstrar a viabilidade do modelo de assistência oferecido nesta UMS e desta forma busca-se incentivar a expansão de serviços similares, sobretudo na região Norte, que ainda apresenta grande incipiência neste sentido. Ressalta-se a contribuição dessa UMS como cenário de prática na formação de estudantes e profissionais de fisioterapia colaborando na construção de um novo olhar sobre a fisioterapia gerontológica no aspecto de assistência, preventivo e de promoção a saúde.

Veja o artigo completo: PDF