Resumo Trabalho

ASSISTÊNCIA PSICOLÓGICA AO PACIENTE ONCOLÓGICO IDOSO

IVANILDE CORDEIRO PACHECO

Este trabalho foi elaborado objetivando descrever a importância da assistência psicológica a pacientes oncológicos idosos, afim de discutir o segmento da terceira idade enquanto demanda crescente de necessidade, caracterizando a psicoterapia como ferramenta indispensável no enfrentamento do câncer. Objetivos estes baseados nas últimas projeções do Brasil 2000/2060, onde mostra que até o final desse período o país terá um 1/4 de pessoas idosas no total da sua população. Afim de atender o que se espera, realizou-se pesquisa documental e bibliográfica, incluindo procuras nas bases de dados SciELO, Ebsco e Google Acadêmico, entre outras. Os principais documentos utilizados são disponibilizados pelo IBGE- Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística e INCA - Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Em face da análise dos dados encontrados, constatou-se que as discussões acadêmicas mostram que a longevidade vem acontecendo devido ao número reduzido de óbitos e controle de natalidade, não podendo deixar de citar a evolução com a preocupação em garantir qualidade de vida. Verificou-se que, a estimativa para o Brasil, biênio 2016-2017, aponta a ocorrência de cerca de 600 mil casos novos de câncer, serão cerca de 420 mil casos novos. Conclui-se que oferecer aos idosos, pacientes oncológicos, oportunidades de interação, possibilitar formas de expressarem e relatarem suas experiências de vida, onde possam se descobrir, bem como descobrir uma melhor forma de conviver com o adoecimento permite uma recuperação menos dolorosa, e, consequentemente, melhora sua autoestima, influenciando de maneira satisfatória neste processo que se dá em busca da cura tão almejada

Veja o artigo completo: PDF