Resumo Trabalho

ENFERMAGEM E CUIDADOS PALIATIVOS EM IDOSOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

ANA PATRICIA DO EGITO CAVALCANTI DE FARIAS, MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA DA SILVA, VANESSA JULIANA CABRAL BRUNO DE MOURA, HELAINE CRISTINA LINS MACHADO GERBASI

O ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO EM ALGUNS PAÍSES É UMA REALIDADE, TRAZ CONSIGO IMPORTANTE IMPACTO NA VIDA DAS PESSOAS, OCASIONA MUDANÇAS NO PERFIL DOS PROBLEMAS DE SAÚDE E EVIDENCIA DOENÇAS SEM POSSIBILIDADE DE CURA. FATO ESSE QUE NOS FAZ BUSCAR SUPORTE NOS CP, NOVO MODELO DE CUIDAR CARACTERIZADO POR UMA MEDICINA NÃO CURATIVA QUE SE PROPÕE OFERECER CONFORTO FÍSICO E EMOCIONAL. OS CP SE DÃO EM QUALQUER NÍVEL DE ATENÇÃO À SAÚDE E REQUER UMA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL PREPARADA E COMPROMETIDA EM OFERTAR APOIO AO PACIENTE E FAMILIARES. O ENFERMEIRO É PROFISSIONAL INDISPENSÁVEL NA IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE CUIDADOS PARA IDOSOS EM CP. DESTA FORMA, ESTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO DESCREVER A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PRESTADA À PACIENTES IDOSOS EM CP. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO DO TIPO RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM A PACIENTES IDOSOS QUE SE ENCONTRAM EM CUIDADOS PALIATIVOS NA UNIDADE DE CLÍNICA MÉDICA. A ASSISTÊNCIA A ESSE TIPO DE CLIENTE DE FORMA PLANEJADA E DIFERENCIADA TENDO COMO MARCO INICIAL; ANAMNESE, EXAME FÍSICO, A HISTÓRIA DA DOENÇA ATUAL E BASEADO NOS SISTEMAS DE CLASSIFICAÇÃO DE ENFERMAGEM NOS PERMITIU ELENCAR OS PRINCIPAIS DIAGNÓSTICOS E INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM E NOS PERMITIU CONCLUIR QUE A SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM, ENQUANTO PROCESSO ORGANIZACIONAL É CAPAZ DE OFERECER SUBSÍDIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE MÉTODOS/METODOLOGIAS INTERDISCIPLINARES E HUMANIZADAS DE CUIDADO. O USO DE DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM BENEFICIA O PROFISSIONAL ENFERMEIRO E O PACIENTE ASSISTIDO, POIS DIRECIONAM A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM ÀS NECESSIDADES ESPECÍFICAS DELE FACILITANDO A ESCOLHA DE INTERVENÇÕES ADEQUADAS.

Veja o artigo completo: PDF