Resumo Trabalho

A PRÁTICA MULTIPROFISSIONAL EM UM AMBIENTE HOSPITALAR: RELATO DE EXPERIÊNCIA

LILIAM ROSANY MEDEIROS FONSECA, BRUNA STEPHANIE SOUSA MALAQUIAS, CRISTINA RANUZI, MARIANA CAMPOS DE SOUSA e orientado por JAIR SINDRA VIRTUOSO JÚNIOR e orientado por JAIR SINDRA VIRTUOSO JÚNIOR

INTRODUÇÃO: O programa de residência multiprofissional em saúde foi desenvolvido a partir da reformulação da atuação dos diversos profissionais que compõem a atenção à saúde, baseando se nos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com as necessidades e realidades locais e regionais. No contexto hospitalar, trabalho em equipe significa pensar no cuidado centrado no paciente e suas necessidades, dessa forma, a junção de diferentes categorias profissionais e ramos do conhecimento em torno de um objetivo comum é de grande valia para uma assistência oportuna, principalmente para o idoso, que carece de um atendimento especial e qualificado. OBJETIVO: apresenta as ações desenvolvidas pela equipe de residentes em Saúde do Idoso da UFTM, bem como as experiência, descobertas e desafios do trabalho em equipe. METODOLOGIA: O presente estudo, trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, com abordagem qualitativa, do tipo relato de experiência que descreve aspectos vivenciados pela autora, enquanto residente do programa de residência multiprofissional em Saúde do Idoso da UFTM, no Hospital de Clinicas e Ambulatórios na Cidade de Uberaba-MG, no período de Março de 2015 a Fevereiro de 2016. RESULTADOS/DISCUSSÃO: A prática no primeiro ano, ocorreu no Hospital de Clínicas e Ambulatório da UFTM, onde foi possível vivenciar o trabalho nos setores de Clínica Médica, Ortopedia, Ambulatório de Geriatria, Ambulatório Multiprofissional e Ambulatório de Cuidados Paliativos. Sabe se que essa abordagem está sendo inserida aos poucos na saúde. Observa-se que os profissionais do setor hospitalar possuem uma certa dificuldade em trabalhar em equipe. A atuação nesse nível de atenção não deve influenciar negativamente esses profissionais, mas sim estimulá-los a mudança. CONCLUSÃO: O Cuidado em ambiente hospitalar carece de uma atenção maior por parte de gestores e profissionais de saúde. Deve se estimular a participação de todos os envolvidos na prática hospitalar, sendo um lócus privilegiado, com soma de vários saberes em diferentes graus de formação.

Veja o artigo completo: PDF