Resumo Trabalho

PERFIL DE HOSPITALIZAÇÃO E ÓBITO DE IDOSOS POR QUEIMADURAS NO BRASIL

MARÍLIA ANGELINA FERREIRA PAPA, VIVIAN CARLA DE CASTRO, CLAUDIA VIVIANE DE CASTRO e orientado por LIGIA CARREIRA e orientado por LIGIA CARREIRA

O presente estudo teve por objetivo analisar o perfil epidemiológico das internações e óbitos por queimaduras em idosos no Brasil, no período de 2012 a 2016. Trata-se de um estudo ecológico com dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS) do Brasil, acessados no mês de agosto de 2017, considerando-se as internações decorrentes de queimaduras referentes ao capítulo XX do CID-10, de pacientes com 60 anos e mais, independente do sexo, no período de 2012 a 2016. Observou-se que no período registraram-se quase 100 mil hospitalizações por queimaduras, predominando as internações nas regiões Sul e Sudeste, na faixa etária de 60 a 69 anos do sexo feminino e de cor branca. Porém, a faixa etária de 80 anos e mais apresentou maior taxa de mortalidade com maior número de óbitos entre homens. O tempo médio das internações foi de 6,2 dias, implicando em gastos excessivos. Observou-se, assim, a necessidade de atenção especial quando se trata de queimaduras em idosos, em virtude das condições especiais e particularidades apresentadas pela população neste grupo etário.

Veja o artigo completo: PDF