Resumo Trabalho

UM SONHO DE CASA ACESSÍVEL: O CASO DO CIDADE MADURA/PB

MARINA HOLANDA KUNST e orientado por JOSÉ DE SOUZA BRANDÃO e orientado por JOSÉ DE SOUZA BRANDÃO

O envelhecimento populacional é hoje um fenômeno observado mundialmente e que teve início nos países desenvolvidos ainda no começo do século XX. Nos países em desenvolvimento, pode ser observado somente a partir de 1950, porém num ritmo bem mais acelerado. Além disso, no Brasil, vem aumentando o grau de urbanização da população de idosos, onde três quartos da população brasileira vivem em áreas urbanas, o que acarreta problemas sociais ainda mais graves para os idosos e para toda a população. Assim, é importante que as cidades, com seus espaços públicos e privados, estejam preparadas para este público com todo suporte, pois o ambiente urbano e o espaço residencial, em particular, compõem um papel fundamental na qualidade de vida e no bem-estar desta parcela populacional. Este ambiente é muitas vezes construído sem considerar o conceito de design universal, segundo o qual pessoas de todas as idades e em qualquer estado funcional podem utilizá-lo plenamente. Foi pensando nisto e na falta de moradia adequada para esta população que o estado da Paraíba desenvolveu o Programa Habitacional Cidade Madura. Dessa forma, o objetivo geral da pesquisa é apresentar o nível de satisfação dos moradores do supracitado Programa. Para tanto, foi aplicado um questionário que além de abordar a questão da satisfação, foi questionado sobre seu nível socioeconômico. Em sua avaliação foi importante perceber o alto nível de satisfação dessas pessoas com o atual local de moradia ofertado pelo governo da Paraíba, contudo, ainda é preciso um olhar mais cuidadoso quanto a esse público.

Veja o artigo completo: PDF