Resumo Trabalho

MULHER IDOSA EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA: UMA REVISÃO NARRATIVA DA LITERATURA

DAVYDSON GOUVEIA SANTOS e orientado por EVANGELIA KOTZIAS ATHERINO DOS SANTOS

INTRODUÇÃO: O MINISTÉRIO DA SAÚDE (MS) LANÇA EM 2001 A POLÍTICA NACIONAL DE REDUÇÃO DA MORBIMORTALIDADE POR ACIDENTES E VIOLÊNCIA (PNRMAV), SENDO OFICIALMENTE A ENTRADA DO TEMA VIOLÊNCIA A SER TRABALHADA NO SETOR DA SAÚDE NO BRASIL. A VIOLÊNCIA É CARACTERIZADA COMO UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA, PROVOCANDO LESÕES, TRAUMAS FÍSICOS E MENTAIS, PODENDO DIMINUIR A QUALIDADE DE VIDA DAS PESSOAS LEVANDO ATÉ A MORTE DE FORMA PRECOCE. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UM ESTUDO DE REVISÃO NARRATIVA DA LITERATURA, ONDE, AS REVISÕES NARRATIVAS SÃO APROPRIADAS PARA DESCREVER E DISCUTIR O DESENVOLVIMENTO DE DETERMINADO ASSUNTO SOB O PONTO DE VISTA TEÓRICO/CONTEXTUAL. ESTE PERFIL DE ESTUDO TEM PAPEL FUNDAMENTAL NA EDUCAÇÃO CONTINUADA PERMITINDO AO LEITOR ADQUIRIR CONHECIMENTO SOBRE A TEMÁTICA ESTUDADA EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO. RESULTADOS E DISCUSSÃO: ATUALMENTE O SETOR SAÚDE SE ORGANIZA INTERDISCIPLINARMENTE PARA O COMBATE E CONTROLE DESSA REALIDADE DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES E TAMBÉM A PESSOA IDOSA EM SITUAÇÃO DE MAUS TRATOS DOMÉSTICOS E NAS INSTITUIÇÕES DE ABRIGO. A VIOLÊNCIA PODE OCORRER NO AMBIENTE ESTRUTURAL, INTERPESSOAL OU ATÉ MESMO INSTITUCIONAL, COLOCANDO A MULHER IDOSA, MUITAS VEZES FRAGILIZADA, EM SITUAÇÕES DE RISCO. CONSIDERAÇÕES FINAIS: PERCEBE-SE A NECESSIDADE DO DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS PARA A DISSEMINAÇÃO DA TEMÁTICA, DE FORMA QUE PERMITA AS MULHERES IDOSAS IDENTIFICAREM AS FORMAS DE VIOLÊNCIA, PERMITINDO ASSIM, SUA EMANCIPAÇÃO E SAÍDA DA INVISIBILIDADE, O CONHECIMENTO PARA IDENTIFICAÇÃO PASSARÁ A DAR EMPODERAMENTO A ESSA MULHER DE BUSCAR UMA POSSIBILIDADE PARA RESOLUÇÃO DESSE PROBLEMA.

Veja o artigo completo: PDF