Resumo Trabalho

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE PORTADOR DE DIABETES MELLITUS TIPO 2

MARIA IVERLANIA DO NASCIMENTO SILVA , ADRIANA LIMA DE OLIVEIRA, DANIELA MONTEIRO CAVALCANTE, MONTEIRO PIRES BASTOS JUNIOR e orientado por LAÍSE GABRIELLY MATIAS DE LIMA SANTOS e orientado por LAÍSE GABRIELLY MATIAS DE LIMA SANTOS

Introdução: De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) são considerados idosos, nos países desenvolvidos, os indivíduos com idade igual ou superior a 65 anos, e nos países em desenvolvimento, considera-se a idade acima de 60 anos. O envelhecimento da população brasileira pode ser avaliado pela parcela de indivíduos com idade igual ou superior á 60 anos no total populacional. Esta aumentou de 4% em 1940 para 11% em 2010. Espera-se que este grupo etário, que era formado por 20,6 milhões de pessoas em 2010,venha a ser constituído por 57 milhões em 2040. O Diabetes tipo 2, é um distúrbio metabólico o qual é caracterizado pela deficiência relativada produção de insulina e uma redução da ação desta. O início é no modo geral silencioso, sendo o histórico familiar comum e também está associado com fatores de risco. Neste embasamento, este trabalho teve como objetivo realizar a sistematização da assistência da enfermagem ao paciente idoso portador de Diabetes Mellitus tipo 2 em uma instituição hospitalar na cidade de Maceió-AL. Metodologia: Trata-se de um trabalho descritivo, qualitativo, do tipo relato de experiência. Este relato de experiência foi executado no estágio curricular supervisionado do curso de enfermagem de uma instituição de ensino superior na capital de Maceió-AL em um hospital da cidade de Maceió-AL. Para que ocorre uma sistematização dos dados que foram coletados se fez o uso da Sistematização da Assistência de Enfermagem. Para a sustentação teórica se fez o uso de duas bases de dados, as quais foram SCIELO e LILACS. Com os seguintes descritores, adquiridos através dos Descritores em Ciências da Saúde (DECs): “enfermagem”; “cuidados de enfermagem”; “idosos” e “Diabetes Mellitus”. Resultados e discussão: Este trabalho desenvolve-se por meio da descrição de um sumário de situação, com a abordagem de um plano de cuidados, pautados da sistematização da assistência de enfermagem, com a inclusão do diagnóstico, prescrições e resultados todos inclusos na taxonomia CIPE- Classificação Internacional das Práticas de Enfermagem. Conclusões: A atuação do profissional enfermeiro diante do indivíduo portador de diabetes mellitus tipo 2 é de crucial importância, pois a enfermagem tem sua atuação da promoção, proteção e recuperação possibilitando o desenvolvimento de um cuidado holístico, e tendo como ênfase o desenvolvimento de políticas públicas favoráveis e para a diminuição do aparecimento dos diversos problemas de saúde e o acesso aos programas educacionais. A atuação detalhada e eficaz de enfermagem em associação com os profissionais possibilitam um bem-estar físico e social promovendo um cotidiano revigorante por meio de medidas informativas e educativas

Veja o artigo completo: PDF