Resumo Trabalho

CONHECIMENTO DE IDOSOS ACERCA DA RETINOPATIA DIABETICA EM HOSPITAL DE ENSINO

FABIANA GOMES DA SILVA, BÁRBARA JEANE PINTO CHAVES, LUCILLA VIEIRA CARNEIRO, MAYARA MUNIZ PEIXOTO RODRIGUES e orientado por JACIRA DOS SANTOS OLIVEIRA

OBJETIVO:VERIFICAR O CONHECIMENTO DE IDOSOS DE UM HOSPITAL DE ENSINO SOBRE A RETINOPATIA DIABÉTICA. METODOLOGIA: ESTUDO EXPLORATÓRIO, DESCRITIVO E ABORDAGEM QUANTITATIVA, REALIZADO COM 98 IDOSOS ATENDIDOS EM UMA UNIDADE DE VISÃO NO PERÍODO DE JANEIRO A MAIO DE 2018. A SELEÇÃO DOS ENTREVISTADOS OBEDECEU A CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO PROPOSTOS, COM ASSINATURA DO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO. OS DADOS FORAM COLETADOS ATRAVÉS DE INSTRUMENTO PRÉ-ELABORADO PELOS PESQUISADORES, APLICADO AO PROGRAMA SPSS VERSÃO 2.0 E OS RESULTADOS REPRESENTADOS EM TABELA. O ESTUDO OBEDECEU A RESOLUÇÃO 466/2012 DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE, COM CAAE 80984917.0.0000.5183 E PARECER Nº 2.454.647. RESULTADOS: OBSERVOU-SE QUE 49(47,9%) RECEBEU O DIAGNÓSTICO DE DIABETES A PELO MENOS CINCO ANOS; 79(80,6%) FAZ USO DE ALGUM MEDICAMENTO VIA ORAL PARA CONTROLE DA DOENÇA E 54(55,1%) UTILIZA INSULINA; 85(86,7%) REFERE ACUIDADE VISUAL REDUZIDA; 32(32,7%) SOFREU ALGUMA QUEDA NO ÚLTIMO ANO; 18(18,46%) UTILIZA DISPOSITIVO PARA LOCOMOÇÃO; 45(46,0%) DESCONHECE O QUE SERIA A RETINOPATIA DIABÉTICA; 51(51,1%) TINHA REALIZADO CONSULTAS COM O OFTALMOLOGISTA ANTERIORMENTE E 50(51,1%) REFERIU CONSULTAS DUAS VEZES OU MAIS AO ANO. CONCLUSÃO: EVIDENCIOU-SE QUE QUASE A METADE DOS IDOSOS NÃO TEM CONHECIMENTO ACERCA DA PATOLOGIA, SINALIZANDO NECESSIDADE DOS PROFISSIONAIS QUE OS ASSISTEM DE SENSIBILIZA-LOS SOBRE A DOENÇA.

Veja o artigo completo: PDF