Resumo Trabalho

INFLUÊNCIA DOS DETERMINANTES SOCIAIS NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO: DESAFIOS PARA ALCANÇAR A LONGEVIDADE

ELOISA ARAÚJO DE CARVALHO, TARCÍSIO TÉRCIO DAS NEVES JÚNIOR, CARLOS JORDÃO DE ASSIS SILVA, ANA ANGÉLICA RÊGO DE QUEIROZ e orientado por REJANE MARIA PAIVA DE MENEZES

O ENVELHECIMENTO É UM PROCESSO HETEROGÊNEO E NO ÂMBITO DA SAÚDE ELE PODE APRESENTAR-SE DE DIVERSAS MANEIRAS AO LONGO DOS ANOS. NO BRASIL, ESSE PROCESSO ESTÁ SE PERPETUANDO DE MANEIRA RÁPIDA E INTENSA, PORÉM ESSE CRESCIMENTO APRESENTA UMA TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA COM CARACTERÍSTICAS PECULIARES QUE DIZEM RESPEITO A GRANDES DESIGUALDADES SOCIAIS. NESSE SENTIDO, A EDUCAÇÃO, A RENDA, A NUTRIÇÃO E O ESTILO DE VIDA SÃO POTENCIAIS DETERMINANTES PARA A LONGEVIDADE, CARACTERIZANDO-SE COMO UM PROCESSO CADA VEZ MAIS DINÂMICO. OBJETIVO: DESCREVER A RELAÇÃO ENTRE OS DETERMINANTES SOCIAIS E O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO HUMANO. TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA QUE UTILIZOU A BIBLIOTECA ELETRÔNICA SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE (SCIELO) PARA REALIZAR A BUSCA E A COLETA DE DADOS. DENTRE OS ESTUDOS SELECIONADOS, SEIS (42,9%) ABORDARAM A CAPACIDADE FUNCIONAL DO IDOSO E SUA RELAÇÃO COM OS DETERMINANTES SOCIAIS E O ENVELHECIMENTO, QUATRO (28,5%) DETIVERAM-SE A QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS LEVANDO-SE EM CONSIDERAÇÃO A AUTOPERCEPÇÃO DO INDIVÍDUO, NA PERSPECTIVA DE SAÚDE E DO ENVELHECIMENTO, TRÊS (21,4%) ABORDARAM A RELAÇÃO DOS FATORES SOCIODEMOGRÁFICOS E SUAS CONTRIBUIÇÕES SOBRE AS CONDIÇÕES E HÁBITOS DE VIDA NO ENVELHECIMENTO E UM (7,1%) ASSOCIOU A PARTICIPAÇÃO SOCIAL DOS IDOSOS NO ENGAJAMENTO EM ATIVIDADES E INTERAÇÃO NA COMUNIDADE. IDENTIFICOU-SE QUE OS DETERMINANTES SOCIAIS COMO A RENDA, ESCOLARIDADE, IDADE E SEXO, SÃO PREDITORES PARA O ENVELHECIMENTO E QUE NECESSITAM DE ATENÇÃO, TORNANDO-SE UM PROCESSO MAIS IGUALITÁRIO E PARTICIPATIVO SOCIALMENTE.

Veja o artigo completo: PDF