Resumo Trabalho

FESTIVAL DA INTEGRAÇÃO - SESC SP

SANDRA REGINA FELTRAN

Criado pelo empresariado do comércio e serviço em 1946, o Sesc – Serviço Social do Comércio, é fruto de um projeto cultural e educativo que traz inovação e transformação social. Com a preocupação de introduzir novos modelos de ação cultural, o Sesc tem como meta a transformação social por meio da educação. Para tanto, iniciou uma intensa atuação no campo da cultura e em suas diferentes manifestações, que são destinadas a todos os públicos, distribuídos em diversas faixas etárias e classes sociais. Com 38 unidades no Estado de São Paulo, em sua maioria centros culturais e desportivos, oferece também atividades nas áreas de turismo, saúde e meio ambiente, além de programas específicos para crianças, jovens e pessoas com mais de 60 anos. Este último público é atendido pelo programa TSI – Trabalho Social com Idosos. O desenvolvimento das atividades ligadas ao TSI, é feito atualmente pelas equipes técnicas de 32 Unidades Operacionais do Sesc SP, sob a supervisão da GEPROS – Gerência de Estudos e Programas Sociais, e segue conceitos, diretrizes e metodologias inerentes ao TSI, sem a interferência do público nesta elaboração e/ou execução. O Festival da Integração é um evento que acontece duas vezes ao ano na Unidade do Sesc Bertioga e reúne, em cada edição, aproximadamente 600 idosos. A cada ano um tema é escolhido e a maioria das ações que compõem a programação são pautadas por ele. O Festival busca promover, além da integração, a transformação dos participantes, incentivando sua participação social e desenvolvimento pessoal. Também serve para alinhar parâmetros, diretrizes, metodologias e processos de trabalho entre as equipes técnicas envolvidas.

Veja o artigo completo: PDF