Resumo Trabalho

INFLUÊNCIA DO EXERCÍCIO FÍSICO NA PERCEPÇÃO CORPORAL EM IDOSOS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA.

YVINNA TAMIRIS RODRIGUES, BEATRIZ SOUZA DE ALBUQUERQUE CACIQUE NEW YORK, VITÓRIA REGINA QUIRINO DE ARAÚJO e orientado por VITÓRIA REGINA QUIRINO DE ARAÚJO e orientado por VITÓRIA REGINA QUIRINO DE ARAÚJO

O aumento da longevidade e a maior expectativa de vida refletem o crescimento na população de idosos. O envelhecimento inclui o período de mudanças no corpo e da percepção corporal. A não-aceitação do processo de declínio do corpo, que poderá ocorrer com o envelhecimento e a exigência social por um ideal físico difícil de ser alcançado, geram insatisfação com a aparência física. O objetivo deste estudo foi analisar a influência do exercício na percepção da imagem corporal em idosos. Metodologia: Este estudo é uma Revisão sistemática realizada por meio de consulta nas bases de dados da Biblioteca Scielo Brasil, Portal de Periódicos CAPES e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Utilizou-se como critérios de inclusão: estudos publicados de 2011 a 2016, no idioma português, oriundo de pesquisas, revisões sistemáticas, reflexões e relatos de experiência disponíveis na íntegra e no formato online. Resultados: Foram incluídos dez estudos que atendiam aos critérios estabelecidos. Após leitura criteriosa, foram reunidas as principais informações para análise descritiva buscando estabelecer a compreensão e ampliação do conhecimento sobre o tema pesquisado. Conclusão: A análise dos estudos disponibiliza evidências de que o exercício físico é um grande aliado na promoção da percepção positiva da imagem corporal. Porém, identificou-se a inexistência de um método protocolado de avaliação ou uma padronização na prescrição de exercícios, tornando a investigação cada vez mais subjetiva acerca da efetividade do exercício na percepção da imagem corporal no que diz respeito ao tipo de exercício e frequência de exercício mais apropriado para este fim.

Veja o artigo completo: PDF