Resumo Trabalho

A IMPORTÂNCIA DA VISITA DOMICILIAR DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO PRIMÁRIA AO PACIENTE IDOSO COM PÉ DIABÉTICO

MARIANA MEDEIROS BRANDÃO, ARIELLE LUISE DA SILVA OLIVEIRA, FABIANA MARIA DOS SANTOS, WANDELYCE DA SILVA MORAES

A atenção domiciliar é definida pela Resolução COFEN nº 464 de 20/10/2014 como ações desenvolvidas no domicílio da pessoa, que visem à promoção de sua saúde, à prevenção de agravos e tratamento de doenças, bem como à sua reabilitação e nos cuidados paliativos.O pé diabético é a complicação mais comum entre os portadores de Diabetes Mellitus (DM) e é responsável pela maioria das internações e amputações de membros inferiores. A prevenção e intervenção adequadas podem diminuir a formação de úlceras de membros inferiores, mas para isso é necessário que haja uma boa orientação que geralmente é encontrada na prevenção primária dos serviços de saúde pública e a conscientização de sua doença para adesão ao tratamento. A enfermagem tem um papel de extrema importância para o DM, doença onde a prevenção é o melhor caminho. Traçando o perfil de seus pacientes e formando estratégias de cuidados específicos, ele consegue diminuir muitos agravos, evitando as sequelas. Para isso ele precisa contar com a ajuda de outros profissionais que comunguem do mesmo propósito, como é o caso do médico, nutricionista, educador físico e etc. Uma ação educativa multiprofissional trazem benefícios que são traduzidos pela qualidade de vida de seus pacientes. Dentro deste contexto, o objetivo deste relato de experiência é descrever o acompanhamento domiciliar de enfermagem na atenção primária a uma paciente idosa com pé diabético, na qual, decorrente por complicações, sofreu amputações subsequentes, e com isso, justifica-se a importância de enfatizar o papel exercido pelo enfermeiro na visita domiciliar, frente a essa patologia e complicação tão predominante em nossa saúde pública. Este relato de experiência descreve atividades desenvolvidas por enfermeirandas do Centro Universitário Tiradentes de Alagoas, durante o estágio curricular supervisionado, executado na Unidade Básica de Saúde Eduardo Campos, localizada no bairro Brasil Novo, no município de Rio Largo, Alagoas, no período de agosto à outubro de 2016, acerca da importância da visita domiciliar de enfermagem na atenção primária ao paciente idoso com pé diabético. No presente relato constatou-se que se não for prevenido e/ou tratado de forma adequada, o pé diabético, que por si só, é considerado uma complicação do Diabetes Melittus, pode se desenvolver para quadros mais graves, levando a amputação. É evidente a importância da enfermagem nesta temática, destacando o seu trabalho enquanto educadora de grupo a fim de estimular no indivíduo portador de DM mudanças de comportamento e envolvendo seus familiares na responsabilização pelo cuidado com os pés.

Veja o artigo completo: PDF