Resumo Trabalho

ASPECTOS BIOPSICOSSOCIAIS QUE ENVOLVEM A MATERNIDADE TARDIA

MICARLLA DANTAS DE MEDEIROS, ANNY CLARISSE MEDEIROS FREITAS

AS MUDANÇAS SOCIAIS E CULTURAIS EM TORNO DO SEXO FEMININO, EM ESPECIAL A SUA ASCENSÃO PROFISSIONAL, TÊM MODIFICADO OS PADRÕES DAS FAMÍLIAS NA CONTEMPORANEIDADE. UM DOS PADRÕES QUE VEM CRESCENDO CADA VEZ MAIS NO BRASIL REFERE-SE AO ADIAMENTO DA MATERNIDADE, OU SEJA, MULHERES QUE OPTAM POR VIVENCIAR A MATERNIDADE APÓS OS 35 ANOS. SENDO QUE SÃO VÁRIOS OS FATORES QUE CONTRIBUEM PARA ESSA DECISÃO, POIS OS PAPEIS DA MULHER CONTEMPORÂNEA TRÁS COMO CONSEQUÊNCIA O ACUMULO DE FUNÇÕES PARA A MULHER: CARREIRA PROFISSIONAL E FAMÍLIA. O OBJETIVO DO ESTUDO FOI IDENTIFICAR NA LITERATURA OS ASPECTOS BIOPSICOSSOCIAIS QUE ENVOLVEM A MATERNIDADE TARDIA. TRATA-SE DE UMA PESQUISA DE REVISÃO LITERÁRIA BIBLIOGRÁFICA COM UMA ABORDAGEM QUALITATIVA. PARA QUE O OBJETIVO FOSSE ALCANÇADO, FOI REALIZADO UM ESTUDO ATRAVÉS DA BASE DE DADOS DA BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE, ALÉM DE MANUAIS, LIVROS, TESES E ARTIGOS QUE ESTIVESSEM DISPONÍVEIS NA ÍNTEGRA. OS RESULTADOS OBTIDOS DEMONSTRAM QUE COM AS MUDANÇAS SOCIAIS QUE OCORRERAM DURANTE OS ANOS, AS MULHERES VÊM OCUPANDO UM ESPAÇO MAIOR NO MERCADO DE TRABALHO, FAZENDO COM QUE A MATERNIDADE SEJA ADIADA. DENTRO OUTROS FATORES PARA QUE ISTO ACONTEÇA, ESTA A CONDIÇÃO FINANCEIRA DA FAMÍLIA QUE PRECISA ESTA ADEQUADA PARA SUSTENTAR O FILHO ATÉ A IDADE ADULTA. ALÉM DISSO, PERCEBE-SE QUE A MULHER VIVENCIA SENTIMENTOS DE AMBIVALÊNCIA DURANTE A MATERNIDADE TARDIA, SENDO NECESSÁRIA ASSISTÊNCIA DE UM PROFISSIONAL QUALIFICADO.

Veja o artigo completo: PDF