Resumo Trabalho

O CONTATO ENTRE AS GERAÇÕES E A SUBJETIVIDADE

MARIA LAURA MEDEIROS BLEINROTH, EDJA MAYRA FERREIRA DE CASTRO, MYRNA LINS TENÓRIO, MAYSA LANNE VIEIRA DAMASCENO e orientado por CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO e orientado por CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO

Diante do aumento da população de idosos originam-se diversos questionamentos acerca das suas implicações biopsicossociais. Devido a este cenário, o presente artigo centraliza-se na relação intergeracional, tendo como base o conceito de subjetividade de Vygotsky e o conceito de geração de Karl Mannheim, objetivando analisar as relações presentes entre subjetividade e intergeracionalidade na vida do sujeito idoso. Como metodologia foi realizada uma revisão de literatura, tendo sido o levantamento bibliográfico realizado nas bases Scielo e BVS, assim como no banco de teses e dissertações da CAPES, compreendendo o período de 2006 a 2016. Por meio desta pesquisa, pode-se observar o contato intergeracional como via de transmissão cultural, ressignificação do processo de envelhecimento, bem como um aporte para a criação de vínculos. Diante disso, destaca-se a importância do contato entre as gerações para a construção da subjetividade.

Veja o artigo completo: PDF