Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇOES DOS DENTES E DA MUCOSA SEGUNDO A FREQUÊNCIA DE ESCOVAÇÃO DENTÁRIA EM CUIDADORES DE IDOSO COM DOENÇA DE ALZHEIMER

RENATA VIEIRA DA COSTA, SUELANE RENATA DE ANDRADE SILVA e orientado por JULLIANA VIEIRA DA COSTA E ZÉLIA DE ALBUQUERQUE SEIXAS e orientado por JULLIANA VIEIRA DA COSTA E ZÉLIA DE ALBUQUERQUE SEIXAS

Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a condição dos dentes e da mucosa segundo a frequência de escovação em cuidadores de idosos com doença de Alzheimer. Foi realizado um estudo transversal e observacional envolvendo uma amostra de 50 cuidadores de idosos com Alzheimer, atendidos no Ambulatório de Neurologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. A coleta de dados ocorreu antes do atendimento médico dos usuários em dois momentos: no primeiro momento foi realizada entrevista empregando-se um questionário semi-estruturado e no segundo momento, foi realizado exame bucal visual. A maioria dos cuidadores era do sexo feminino e familiar do idoso, com média de idade de 53, 52 anos. Nos achados bucais os problemas dentais e periodontais mais frequentes nos cuidadores examinados foram: Retração gengival (72,7%), abrasão (68,2%), cálculo (65,9%) e fratura (47,7%).A saúde bucal dos cuidadores estudados não pode ser considerada boa. É importante que haja planejamento de ações tanto preventivas quanto reabilitadoras para essa população, com a finalidade de melhorar a saúde bucal e consequentemente a qualidade de vida.

Veja o artigo completo: PDF