Resumo Trabalho

ASSOCIAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS DO BRASIL E PORTUGAL

LARISSA SILVA SADOVSKI TORRES, ANNA CAROLYNA VIEIRA CAVALCANTE, GISLANI ACÁSIA DA SILVA TOSCANO, FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA e orientado por GILSON DE VASCONCELOS TORRES

DEPRESSÃO INTERFERE NA QUALIDADE DE VIDA, GERANDO MAIOR BUSCA PELOS SERVIÇOS DE SAÚDE, BAIXA ADESÃO AO TRATAMENTO, DESCASO PELO AUTOCUIDADO E MAIOR PROPENSÃO AO SUICÍDIO. OBJETIVA-SE ANALISAR A ASSOCIAÇÃO ENTRE A DEPRESSÃO E QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS ATENDIDOS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA DOS MUNICÍPIOS DE NATAL/RN E SANTA CRUZ/RN/BRASIL E CONSELHO DE ÉVORA/PORTUGAL. ESTUDO TRANSVERSAL, QUANTITATIVO E ANALÍTICO, QUE SE AVALIOU 160 IDOSOS, SENDO 110 NO BRASIL E 50 EM PORTUGAL, ATRAVÉS DOS INSTRUMENTOS: QUESTIONÁRIO SOCIODEMOGRÁFICO; INVENTÁRIO DE DEPRESSÃO DE BECK (BDI); ESCALA DE DEPRESSÃO GERIÁTRICA (GDS-15); MEDICAL OUTCOMES SHORT-FORM HEALTH SURVEY (SF-36).EM AMBOS OS PAÍSES O PROJETO FOI APROVADO PELOS RESPECTIVOS COMITÊS DE ÉTICA EM PESQUISA, EM NATAL/BRASIL (PARECER N. 562.318) E UNIVERSIDADE DE ÉVORA/PORTUGAL (PARECER N. 14011). A ASSOCIAÇÃO DO SF-36 COM O INVENTÁRIO DE BECK E GDS-15 DEMONSTROU, NOS DOIS PAÍSES, QUE AS MAIORES MEDIANAS ESTÃO ASSOCIADAS COM A AUSÊNCIA DE DEPRESSÃO E QUE COM O AUMENTO DOS SINTOMAS DEPRESSIVOS, DIMINUI-SE A QV. ENTRETANTO, PORTUGAL OBTEVE MELHORES RESULTADOS DA QUALIDADE DE VIDA E COM MAIS DOMÍNIOS APRESENTANDO SIGNIFICÂNCIA ESTATÍSTICA. PORTANTO, O MAU FUNCIONAMENTO PSICOSSOCIAL MAXIMIZA A VULNERABILIDADE DE IDOSOS A DEPRESSÃO E A BAIXA QUALIDADE DE VIDA, SENDO NECESSÁRIAS ESTRATÉGIAS DE FORTALECIMENTO DAS AÇÕES DE INTERVENÇÕES E PROMOÇÃO DA SAÚDE PARA ESSE PÚBLICO ALVO, REDUZINDO COMPLICAÇÕES CLÍNICAS.

Veja o artigo completo: PDF