Resumo Trabalho

SUICÍDIO E TENTATIVAS DE SUICÍDIO NA VELHICE: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO

UBIRACELMA CARNEIRO DA CUNHA, CIRLENE FRANCISCA SALES DA SILVA, THAIS AFONSO ANDRADE

As taxas de suicídio de idosos vêm crescendo em ritmo constante no Brasil e no mundo, sendo considerado um problema de saúde pública. Em vista disto, este estudo teve como objetivo geral compreender, na literatura especializada, os fatores envolvidos no fenômeno do suicídio em pessoas com 60 anos ou mais. Trata-se de um estudo exploratório de natureza bibliográfica realizado por meio de uma revisão de literatura de artigos científicos das bases de dados SciElo e MEDLINE, entre os anos de 2006 a 2016. Verificou-se que por trás do desejo de antecipar o fim da vida, estão presentes uma série de fatores de risco no meio familiar e social, como perdas na saúde, autonomia, papéis sociais, entes queridos e entre outros. Nesta perspectiva, considera-se que o suicídio é um ato que pode ser prevenido por meio de estratégias preventivas direcionadas a qualidade de vida, a rede de apoio social, prevenção de doenças físicas e a cuidados específicos no contexto da saúde mental da pessoa idosa.

Veja o artigo completo: PDF