Resumo Trabalho

PERCEPÇÃO DE BELEZA, AUTOESTIMA E BEM-ESTAR DE IDOSOS

REGIANE DA SILVA MACUCH, JÉSSICA DE ALMEIDA ONESKO e orientado por LUCIA ELAINE RANIERI CORTEZ e orientado por LUCIA ELAINE RANIERI CORTEZ

Este estudo refere-se a uma pesquisa em andamento sobre a percepção dos idosos de beleza, autoestima e bem-estar. A percepção da beleza em idosos é pouco referenciada em estudos científicos, no entanto, interfere na qualidade de vida e na autoestima dos mesmos. Os dados foram coletados com 15 idosos, sendo 3 do sexo masculino e 12 do feminino, durante encontros realizados para tal fim em um Centro de Medicina Preventiva privado na cidade de Maringá/PR. Para a recolha dos dados foram realizados 2 encontros em grupo por meio de jogos, brincadeiras, visualização de imagens e perguntas lançadas ao grupo que respondia à medida que as conversas fluíam. Os dados posteriormente foram organizados e analisados com base na Análise de Conteúdo. Os resultados revelam a importância que os referenciais de beleza sejam resgatados e ressignificados na terceira idade como sinônimos de autocuidado e bem-estar. Como sugestão para trabalhos futuros recomendam-se estudos voltados para análise e incentivo de programas de promoção da saúde de idosos que envolvam mais do que somente cuidados sobre prevenção de doenças e seus intervenientes.

Veja o artigo completo: PDF