Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA E DA FUNCIONALIDADE FAMILIAR DE PESSOAS IDOSAS

TATIANA LUCIA CABRAL DA SILVA, GILVANISE ANTONIO DA SILVA, KALINA ROGERIA FERNANDES DE ARAÚJO e orientado por PROFª. MA. THAÍSE ALVES BEZERRA

ENVELHECER É UM PROCESSO NATURAL NÃO PATOLÓGICO, O ENVELHECER ESTÁ RELACIONADO À PERDA DE FUNCIONALIDADE DO CORPO, DEVIDO AOS DANOS MOLECULARES QUE O MESMO SOFRE. ALGUMAS PESSOAS TENDEM A ASSOCIAR A VELHICE COM INCAPACIDADE FÍSICA OU TOTAL DEPENDÊNCIA DA PESSOA IDOSA PARA REALIZAR AS ATIVIDADES BÁSICAS DO COTIDIANO. OUTRAS VEEM O ENVELHECIMENTO COMO SOFRIMENTO, DECLÍNIO, FUNCIONAL, ISOLAMENTO SOCIAL. A FUNCIONALIDADE FAMILIAR EXERCE UM PAPEL FUNDAMENTAL PARA QUE A PESSOA IDOSA TENHA OU NÃO UMA BOA QUALIDADE DE VIDA. A AMOSTRA FOI COMPOSTA DE 81 IDOSOS ATENDIDOS EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE CAMPINA GRANDE-PB. OS DADOS FORAM COLETADOS POR MEIO DE UM QUESTIONÁRIO CONTENDO QUESTÕES SOBRE AS CARACTERÍSTICAS SOCIOECONÔMICAS E DEMOGRÁFICAS. PARA A AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA E DA FUNCIONALIDADE FAMILIAR, FORAM UTILIZADOS INSTRUMENTOS VALIDADOS WHOQOL-BREF E A APGAR FAMILIAR). FORAM ENTREVISTADAS 81 PESSOAS IDOSAS, DENTRE AS QUAIS, 68% ESTAVAM NA FAIXA ETÁRIA ENTRE 60 A 70 ANOS, 86% SÃO DO GÊNERO FEMININO, 52% POSSUÍAM COMPANHEIROS, 43% RESIDEM COM FILHOS, 69% NÃO FAZEM USO DE MEDICAMENTOS PARA DORMIR, 62% PRATICAM ATIVIDADE FÍSICA E 42% PARTICIPAM DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA. EM RELAÇÃO A QUALIDADE DE VIDA, 75,0% AFIRMARAM TER UMA ÓTIMA RELAÇÃO SOCIAL, 68% ESTÃO SATISFEITAS COM O MEIO EM QUE VIVEM, 65% TEM UMA BOA QUALIDADE DE VIDA. JÁ PELO ASPECTO FÍSICO E PSICOLÓGICO MAIS DA METADE 59% DEMOSTRARAM INSATISFAÇÕES PRINCIPALMENTE COM SUAS LIMITAÇÕES. ENTRE OS ENTREVISTADOS, 89% POSSUEM UMA BOA FUNCIONALIDADE FAMILIAR.

Veja o artigo completo: PDF