Resumo Trabalho

DIFICULDADES ENFRENTADAS PELO ACOMPANHANTE IDOSO NO AMBIENTE HOSPITALAR: NOVAS DEMANDAS NAS PAUTAS DAS POLÍTICAS SOCIAIS E DIREITOS DA PESSOA IDOSA.

LÉCIA ALVES SOARES PONTES

EM FACE DA VIVÊNCIA DO ESTÁGIO NO HOSPITAL ESTADUAL DR. RUY PEREIRA DOS SANTOS EM NATAL/RN, PUDEMOS OBSERVAR PESSOAS DA TERCEIRA IDADE NA CONDIÇÃO DE ACOMPANHANTE. O CONTATO COM ESSES CIDADÃOS, NOS POSSIBILITOU CONHECER O PERFIL SOCIOECONÔMICO E AS EXPRESSÕES DA QUESTÃO SOCIAL IMPRESSAS NO SEU COTIDIANO. DAÍ, A IDEIA DE ABORDARMOS UM TEMA VOLTADO AO IDOSO ENQUANTO ACOMPANHANTE, PROPOSTO A IDENTIFICAR AS DIFICULDADES ENFRENTADAS, POR ESTE, NO AMBIENTE HOSPITALAR, BEM COMO TRAZERMOS UMA DISCUSSÃO SOBRE A CONSTRUÇÃO DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA NO BRASIL; COMO E EM QUE MOMENTO SE DERAM AS CONQUISTAS DESSES DIREITOS BEM COMO AS BATALHAS QUE AINDA SÃO TRAVADAS PELOS SUJEITOS/CIDADÃOS - IDOSOS OU NÃO - PARA MANTÊ-LOS EM VIGOR; AS DIFICULDADES ENFRENTADAS E OS ESTIGMAS COMUMENTE ATRIBUÍDOS ÀS PESSOAS PERTENCENTES AO GRUPO ETÁRIO DENOMINADO DE TERCEIRA IDADE E A SEGREGAÇÃO QUE SE ESTABELECE POR PARTE, NÃO SÓ DA SOCIEDADE, MAS TAMBÉM, E MUITAS VEZES, DOS PRÓPRIOS FAMILIARES. PARA ESTA CONSTRUÇÃO, TIVEMOS COMO BASE BIBLIOGRÁFICA AUTORES COMO CAMARANO; PASINATO; BRAVO; PAIVA ENTRE OUTROS, QUE ABORDASSEM O ASSUNTO. ENTRETANTO, PARA A FIGURA DO CUIDADOR COM ESSE RECORTE ETÁRIO, NÃO HÁ ESTUDOS QUE NOS ABASTEÇAM DE DADOS CONCRETOS. OS INSTRUMENTAIS UTILIZADOS PARA OBTENÇÃO E TRANSCRIÇÃO DAS INFORMAÇÕES FORAM QUESTIONÁRIO E GRAVADOR. POR FIM, A ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES, MOSTRARAM QUE PARA ALÉM DA NOSSA PERCEPÇÃO DAS DIFICULDADES – FÍSICAS PESSOAIS E AMBIENTAL -, HAVIA UMA REALIDADE NA ESTRUTURA FAMILIAR QUE SOFRERA MUTAÇÕES IMEDIATAS, E POR CONSEQUÊNCIA, ESTES IDOSOS NECESSITAVAM PERMANECER, POR UM PERÍODO, INTERNADOS NA CONDIÇÃO DE ACOMPANHANTES.

Veja o artigo completo: PDF