Resumo Trabalho

HIPOSTIREOIDISMO NO IDOSO: UM ESTUDO DE CASO

ADRIELLY FERREIRA RODRIGUES, RAFAELA RODRIGUES CARVALHO DE LIMA, CLARISSA MARIA CARDOSO GUIMARÃES

O HIPOTIREOIDISMO RESULTA DE NÍVEIS SUBÓTIMOS DE HORMÔNIO TIREÓIDEO. A DEFICIÊNCIA DA TIREOIDE PODE AFETAR TODAS AS FUNÇÕES ORGÂNICAS E PODE VARIAR DESDE FORMAS SUBCLÍNICAS LEVES ATÉ O MIXEDEMA, UMA FORMA AVANÇADA. A CAUSA MAIS COMUM DE HIPOTIREOIDISMO EM ADULTOS É A TIREOIDE AUTOIMUNE (DOENÇA DE HASHIMOTO), EM QUE O SISTEMA IMUNE ATACA A GLÂNDULA TIREOIDE. A POPULAÇÃO IDOSA BRASILEIRA ESTÁ EM CRESCIMENTO RÁPIDO, O QUE LEVA A UM AUMENTO DA DEMANDA DE PESQUISAS ESPECÍFICAS A RESPEITO DA SAÚDE DESSES INDIVÍDUOS, UMA VEZ QUE NA SENESCÊNCIA, INCIDEM AFECÇÕES COM MAIOR FREQÜÊNCIA DO QUE NA JUVENTUDE. ESTE ESTUDO DE CASO TEM POR OBJETIVO CONHECER O PACIENTE INTEGRALMENTE E IDENTIFICAR OS PRINCIPAIS SINTOMAS APRESENTADOS POR UM IDOSO COM HIPOTIREOIDISMO. TRATA-SE DE UM ESTUDO DE CASO. O ESTUDO FOI REALIZADO EM UM HOSPITAL DE ENSINO, NO NORDESTE DO BRASIL, DURANTE A PRÁTICA CLÍNICA. O INDIVÍDUO FOI ESCOLHIDO POR APRESENTAR IDADE MAIOR DE 60 ANOS E NÃO ESTAR COM A COGNIÇÃO PREJUDICADA. O PRESENTE ESTUDO PERMITIU COMPARARMOS OS SINTOMAS SINTOMAS APRESENTADOS NA LITERATURA E NO PACIENTE, ONDE GRANDE PARTE DOS SINTOMAS APRESENTADOS POR ELE, CONTINHA NA LITERATURA.

Veja o artigo completo: PDF