Resumo Trabalho

FLEXIBIDADE EM IDOSAS APÓS TREINAMENTO FÍSICO DE 10 SEMANAS

RAILANE DE OLIVEIRA GARCIA, CLAUBER FRANCISCO CARDOSO GUIMARÃES

O ENVELHECIMENTO TRAZ CONSIGO INÚMERAS MUDANÇAS NO CORPO DO IDOSO, AFETANDO TODOS OS SISTEMAS FISIOLÓGICOS E ACARRETANDO DECLÍNIOS NAS CAPACIDADE FÍSICAS, SENDO A FLEXIBILIDADE UMA DAS MAIS ACOMETIDAS COM A PERDA DE MOBILIDADE E ELASTICIDADE DAS ARTICULAÇÕES, TORNANDO-OS MAIS PROPENSOS E VULNERÁVEIS A QUEDAS E DIVERSAS DOENÇAS. A PRÁTICA REGULAR DE EXERCÍCIO FÍSICO (EF) NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO OPORTUNIZA INÚMEROS BENEFÍCIOS NESTA ETAPA DA VIDA, TAIS COMO, A PREVENÇÃO E DIMINUIÇÃO DE PATOLOGIAS, FORTALECIMENTO MUSCULAR, MANUTENÇÃO DA DENSIDADE ÓSSEA E TRATANDO-SE ESPECIFICAMENTE DO ASPECTO FÍSICO, PROMOVE INÚMERAS MELHORIAS NO DESEMPENHO MOTOR, MELHORANDO O PADRÃO DE MOVIMENTO E CONSEQUENTEMENTE A AUTONOMIA DO IDOSO. A PRESENTE PESQUISA BUSCA ANALISAR A FLEXIBILIDADE DE IDOSAS APÓS UM PROGRAMA DE TREINAMENTO FUNCIONAL DE 10 SEMANAS. É UM ESTUDO QUANTITATIVO, DE CUNHO DESCRITIVO, QUE CONTA COM UMA AMOSTRA DE 30 PARTICIPANTES DO PROJETO DE EXTENSÃO "GINÁSTICA NA MELHOR IDADE" DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU, CAMPINA GRANDE - PB COM FAIXA ETÁRIA DE 60 A 75 ANOS DE IDADE. OS DADOS SERÃO OBTIDOS A PARTIR DA APLICAÇÃO DOS TESTES DE FLEXIBILIDADE DA BATERIA DE TESTES DE APTIDÃO FÍSICA DE IDOSOS SENIOR FITNESS TEST: SENTAR E ALCANÇAR O PÉ E ALCANÇAR AS COSTAS. ESPERA-SE ENCONTRAR MELHORAS NO NÍVEL DE FLEXIBILIDADE DAS PARTICIPANTES A FIM DE EVIDENCIAR MAIS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE EF, INCENTIVANDO A ADESÃO POR UMA MAIOR QUANTIDADE DE IDOSOS , ALÉM DE AGREGAR NOVOS ESTUDOS NA ÁREA DE PESQUISA.

Veja o artigo completo: PDF