Resumo Trabalho

HABILIDADES SOCIAIS E ENVELHECIMENTO: UMA RELAÇÃO POSSÍVEL?

ANGELITA LÚCIA DE ALBUQUERQUE SOUSA, ANA PAULA DE CASTRO ARAÚJO, MARIA ADILLIS DA SILVA ALCANTARA e orientado por SILVANA QUEIROGA DA COSTA CARVALHO

AS RELAÇÕES SOCIAIS PODEM PROMOVER MELHORES CONDIÇÕES DE SAÚDE NO IDOSO. AS HABILIDADES SOCIAIS (HS) SÃO FUNDAMENTAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DAS COMPETÊNCIAS QUE MANTENHAM ESTAS INTERAÇÕES SOCIAIS. TEM-SE COMO OBJETIVO APRESENTAR AS RELAÇÕES EXISTENTES NA LITERATURA ENTRE HS E ENVELHECIMENTO. ESTE TRABALHO TRATA-SE DE UMA REVISÃO SISTEMÁTICA REALIZADA NAS BASES DE DADOS PUBMED, LILACS E SCIELO, UTILIZANDO OS DESCRITORES “SOCIAL SKILL” (HABILIDADES SOCIAIS) E “ELDERLY” (IDOSO) OU “AGING” (ENVELHECIMENTO). INCLUIU-SE ARTIGOS QUE CONTINHAM NOS SEUS TÍTULOS E RESUMOS OS DESCRITORES UTILIZADOS. FORAM EXCLUÍDOS OS ARTIGOS QUE NÃO ESTAVAM DISPONÍVEIS OU NÃO FAZIAM RELAÇÃO COM OS TEMAS ABORDADOS. TAMBÉM FORA REALIZADO UM RECORTE DE 5 ANOS. FORAM ENCONTRADOS UM TOTAL DE 87 ARTIGOS, DESTES APENAS 4 ATENDERAM AOS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO. É EVIDENTE A IMPORTÂNCIA DAS HABILIDADES SOCIAIS NO COTIDIANO DE IDOSOS, PRINCIPALMENTE NO QUE SE REFERE A IDOSOS QUE POSSUEM ALGUM NÍVEL DE COMPROMETIMENTO DA SUA QUALIDADE DE VIDA. ESSA IMPORTÂNCIA TAMBÉM É PERCEBIDA NA RELAÇÃO IDOSO E CUIDADOR, BEM COMO NO APOIO SOCIAL DESTA RELAÇÃO. O REPERTÓRIO DE HABILIDADES SOCIAIS PARECE SER CONDICIONAL AO CONTEXTO NO QUAL O IDOSO ESTÁ INSERIDO, UMA VEZ QUE EXISTE UM DÉFICIT DESSE REPERTÓRIO EM IDOSOS MORADORES DE INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA, QUANDO COMPARADOS A IDOSOS ENCONTRADOS EM CONTEXTO EDUCACIONAL. PORTANTO, É EVIDENTE QUE O REPERTÓRIO DE HABILIDADES SOCIAIS É APLICÁVEL AOS DIVERSOS CONTEXTOS COTIDIANOS NOS QUAIS SEJAM ENCONTRADOS IDOSOS, UMA VEZ QUE A TERCEIRA IDADE TRAZ CONSIGO NOVOS DESAFIOS QUE TAMBÉM PERMEIAM AS RELAÇÕES SOCIAIS.

Veja o artigo completo: PDF