Resumo Trabalho

A FARMACOECONOMIA COMO INSTRUMENTO DE RACIONALIZAÇÃO SOBRE O USO DE ANTIMICROBIANOS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NA PARAÍBA

RENATA COSMO DA SILVA, FLAVIA PESSOA DE BELMONT FONSECA CARDOSO, GISLAYNE AZEVEDO DE CAMPOS ALVES e orientado por CELIDARQUE DA SILVA DIAS

TENDO EM VISTA QUE OS MEDICAMENTOS SÃO ELEMENTOS ESSENCIAIS NA PRÁTICA CLÍNICA, TORNA-SE NECESSÁRIO INVESTIGAR COMO ESTES AGENTES ESTÃO SENDO UTILIZADOS NOS SERVIÇOS DE SAÚDE E QUAIS OS IMPACTOS FINANCEIROS RESULTANTES. EM ÂMBITO HOSPITALAR, PODE-SE DESTACAR O GRUPO DOS ANTIMICROBIANOS COMO UMA DAS CLASSES DE MEDICAMENTOS MAIS ONEROSAS, E O USO INADEQUADO DESTES AGENTES, TEM COMO PRINCIPAIS CONSEQUÊNCIAS O AUMENTO DA RESISTÊNCIA MICROBIANA E A ELEVAÇÃO DOS CUSTOS ASSISTENCIAIS. TENDO EM VISTA A IMPORTÂNCIA DESTE TEMA, O DESENVOLVIMENTO DESTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO AVALIAR OS BENEFÍCIOS CLÍNICO-FINANCEIROS RESULTANTES DAS INTERVENÇÕES FARMACÊUTICAS DESEMPENHADAS PELO SERVIÇO DE FARMÁCIA CLÍNICA EM UM HOSPITAL DE ENSINO NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA NAS UNIDADES DE INTERNAÇÃO DA CLÍNICA MÉDICA E UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA GERAL. FOI DELIMITADO COMO UM ESTUDO DESCRITIVO, RETROSPECTIVO, DE ABORDAGEM QUALI-QUANTITATIVA BASEADO EM ANÁLISE DE DADOS SECUNDÁRIOS DE FICHAS DE INTERVENÇÕES FARMACÊUTICAS. OS DADOS OBTIDOS FORAM REFERENTES AO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017. A AMOSTRA SELECIONADA PARA O ESTUDO INCLUIU AS FICHAS ARQUIVADAS DOS PACIENTES INTERNADOS DURANTE O PERÍODO DA PESQUISA NOS SETORES SUPRACITADOS, QUE TIVERAM A NECESSIDADE DE INTERVENÇÕES DA FARMÁCIA CLÍNICA HOSPITALAR RELATIVAS À UTILIZAÇÃO DE ANTIMICROBIANOS. AS INTERVENÇÕES SELECIONADAS PARA COMPOR O ESTUDO, FORAM AQUELAS QUE ALÉM DO BENEFÍCIO CLÍNICO, TINHAM UM BENEFÍCIO FINANCEIRO MENSURÁVEL EM UNIDADES MONETÁRIAS. FORAM ANALISADAS 91 INTERVENÇÕES, ONDE FORAM EXTRAÍDAS AS SEGUINTES INFORMAÇÕES: MOTIVO DA INTERVENÇÃO, ACEITABILIDADE E ECONOMIA. OBSERVOU-SE UMA ECONOMIA TOTAL DE APROXIMADAMENTE R$17.482 REAIS, E O PRINCIPAL MOTIVO ENCONTRADO PARA ESTA PRÁTICA FOI A NECESSIDADE DE AJUSTE DE POSOLOGIA.

Veja o artigo completo: PDF