Resumo Trabalho

FÁRMACOS UTILIZADOS POR IDOSOS HIPERTENSOS QUE ALTERAM AS CONCENTRAÇÕES DE POTÁSSIO

FLAVIANA MARIA DE SOUSA MELO, LIVIANI DA SILVA FARIAS, MARÍLIA DE BARROS CÂNDIDO, JOYSE MARIA BRAGA DOS SANTOS e orientado por FERNANDO DE SOUSA OLIVEIRA

A HIPERTENSÃO ARTERIAL (HA) É UM PROBLEMA GRAVE DE SAÚDE PÚBLICA, POIS É FATOR DE RISCO PARA CARDIOPATIA ISQUÊMICA, INSUFICIÊNCIA RENAL E CARDÍACA, E UMA DAS PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTALIDADE EM NÍVEL MUNDIAL. O AUMENTO DA IDADE ESTÁ ASSOCIADO À INCIDÊNCIA DE HA E QUANDO NÃO DIAGNOSTICADA E TRATADA DE FORMA ADEQUADA PODE ACARRETAR EM SÉRIAS CONSEQUÊNCIAS. EXISTEM DIVERSOS AGENTES ANTI-HIPERTENSIVOS QUE MODULAM A PRESSÃO ARTERIAL E AFETAM A CONCENTRAÇÃO DE POTÁSSIO. A UTILIZAÇÃO DE ANTI-HIPERTENSIVOS PODE LEVAR A VÁRIOS EFEITOS INDESEJÁVEIS E O MANEJO ADEQUADO É ASSOCIADO À DIMINUIÇÃO DOS RISCOS EM IDOSOS HIPERTENSOS. LOGO, O SEGUINTE TRABALHO TEVE COMO OBJETIVO REVISAR NA LITERATURA OS MEDICAMENTOS UTILIZADOS POR IDOSOS QUE INTERFEREM NOS NÍVEIS DE POTÁSSIO, SUAS IMPLICAÇÕES CLÍNICAS E ALTERNATIVAS PARA MINIMIZAR SEUS EFEITOS PREJUDICIAIS NA SAÚDE DE IDOSOS. O TRABALHO CONSISTE DE UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA, DO TIPO SISTEMÁTICA. FORAM CONSULTADAS PLATAFORMAS CIENTÍFICAS E BASES DE DADOS DE ARTIGOS CIENTÍFICOS. EM RELAÇÃO AOS RESULTADOS, OBSERVOU-SE QUE, EMBORA A HIPERCALEMIA TENHA SIDO DESCRITA COMO UM EFEITO ADVERSO DO USO DE IECAS, β-BLOQUEADORES E BRA, A HIPOCALEMIA TAMBÉM TEM SIDO DESCRITA, PRINCIPALMENTE, PELO USO DE DIURÉTICOS TIAZÍDICOS. CONCLUI-SE QUE É IMPORTANTE UTILIZAR FERRAMENTAS PARA AVALIAR POSSÍVEIS RISCOS DE HIPERCALEMIA OU HIPOCALEMIA, POSSIBILITANDO INFORMAR OS RISCOS E BENEFÍCIOS DA PRESCRIÇÃO DOS ANTI-HIPERTENSIVOS (β-BLOQUEADORES, BRA, IECA E DIURÉTICOS), BEM COMO O DESENVOLVIMENTO DE PROTOCOLOS EFICIENTES PARA MONITORAMENTO DOS NÍVEIS SÉRICOS DE POTÁSSIO DURANTE O TRATAMENTO COM ANTI-HIPERTENSIVOS, ESPECIALMENTE EM IDOSOS.

Veja o artigo completo: PDF