Resumo Trabalho

CLASSIFICAÇÃO DE RISCO LESÃO POR POSICIONAMENTO CIRÚRGICO EM IDOSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

FELICIA AUGUSTA DE LIMA VILA NOVA, MABELLY ARAÚJO PESSOA DE LIMA, RAYANE DE ALMEIDA FARIAS, SILVANIA KATIUSSA DE ASSIS GOMES e orientado por MARIA DE LOURDES DE FARIAS PONTES

O PRESENTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO RELATAR A CLASSIFICAÇÃO DE PACIENTES IDOSOS SEGUNDO A ESCALA DE AVALIAÇÃO DE RISCO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LESÕES DECORRENTES DO POSICIONAMENTO CIRÚRGICO. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO, QUANTITATIVO, DO TIPO RELATO DE EXPERIÊNCIA VIVENCIADO POR ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM NO CENTRO CIRÚRGICO DO HOSPITAL DE ENSINO COM PACIENTES IDOSOS SUBMETIDOS A CIRURGIAS ELETIVAS. UTILIZARAM-SE QUESTIONÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO SOCIODEMOGRÁFICA E A ESCALA DE AVALIAÇÃO DE RISCO PARA DESENVOLVIMENTO DE LESÕES DECORRENTES DO POSICIONAMENTO CIRÚRGICO. AS CIRURGIAS OBSERVADAS FORAM: 05 COLECISTECTOMIA POR VÍDEO LAPAROSCOPIA, 04 PROSTATECTOMIA TRANSVESICAL, 03 TIREOIDECTOMIA TOTAL, 04 HISTERECTOMIA TOTAL, 02 DESBRIDAMENTO CIRÚRGICO, 02 HERNIOPLASTIA INGUINAL, 02 HERNIOPLASTIA INCISIONAL E 02 MASTECTOMIA RADICAL. A MÉDIA DE PONTUAÇÃO OBTIDA ENTRE OS PROCEDIMENTOS OBSERVADOS FORAM ENTRE 17 A 26 PONTOS. 62,5% DOS PACIENTES SUBMETIDOS A CIRURGIAS ELETIVAS NAS ESPECIALIDADES APRESENTARAM ALTO RISCO DE ACORDO COM A ELPO E 37,5% APRESENTARAM BAIXO RISCO. OS IDOSOS SUBMETIDOS A CIRURGIAS ELETIVAS APRESENTAVAM IDADES ENTRE 60 E 84 ANOS, DE AMBOS OS SEXOS E COM CAPACIDADE COGNITIVA PRESERVADA. A IMPLEMENTAÇÃO DA ESCALA DE AVALIAÇÃO DE RISCO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LESÕES DECORRENTES DO POSICIONAMENTO CIRÚRGICO COM OS PACIENTES IDOSOS POSSIBILITA IDENTIFICAR RISCOS, SUBSIDIANDO A ADOÇÃO DE ESTRATÉGIAS PREVENTIVAS PARA ASSEGURAR A QUALIDADE DO CUIDADO PERIOPERATÓRIO.

Veja o artigo completo: PDF