Resumo Trabalho

FATORES QUE INFLUENCIAM A SEXUALIDADE DA MULHER IDOSA: REVISÃO INTEGRATIVA DE LITERATURA.

KAMYLLA AMANDA ALMEIDA ARAÚJO CAMPELO, MARIA FRANCINETE DE OLIVEIRA

A SEXUALIDADE É UM ASPECTO DA VIVÊNCIA HUMANA QUE SE MANIFESTA POR UMA NECESSIDADE FISIOLÓGICA E EMOCIONAL DO INDIVÍDUO, E SE EXPRESSA DE DIFERENTES MANEIRAS, DURANTE TODA A VIDA. APESAR DISSO, AS MULHERES IDOSAS ENFRENTAM PRECONCEITOS QUANDO DEMONSTRAM O DESEJO DE CONTINUAR EXPRESSANDO A SUA SEXUALIDADE, ADVINDOS DA PRÓPRIA FAMÍLIA, DA SOCIEDADE EM GERAL, E ATÉ MESMO DA COMUNIDADE ACADÊMICA E PROFISSIONAIS DE SAÚDE. DESSA FORMA, O PRESENTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO IDENTIFICAR, POR MEIO DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA DE LITERATURA, OS PRINCIPAIS FATORES QUE INFLUENCIAM O EXERCÍCIO DA SEXUALIDADE POR MULHERES IDOSAS, QUAIS PROFISSÕES PUBLICAM ARTIGOS SOBRE ESSE ASSUNTO E A METODOLOGIA UTILIZADA. A PARTIR DA ANÁLISE DAS PUBLICAÇÕES QUE FAZEM PARTE DA AMOSTRA FINAL DO ESTUDO, FOI IDENTIFICADO QUE O FATOR QUE MAIS INFLUENCIA A SEXUALIDADE DA MULHER IDOSA É O STATUS CONJUGAL, ALÉM DE OUTROS, COMO O RELACIONAMENTO COM A FAMÍLIA, RELIGIÃO, NÍVEL EDUCACIONAL E DISFUNÇÕES BIOLÓGICAS, TAMBÉM FORAM CITADOS PELOS AUTORES E AUTORAS. CONCLUI-SE, PORTANTO, QUE A SEXUALIDADE DA MULHER IDOSA É MULTIDIMENSIONAL E ESTÁ ATRELADA A DIVERSOS FATORES QUE A INIBEM OU CESSAM SUA EXPRESSÃO. ALÉM DISSO, A REALIZAÇÃO DE PESQUISAS SOBRE A SEXUALIDADE DA MULHER IDOSA É IMPORTANTE PARA AUXILIAR NO SEU ATENDIMENTO DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO BÁSICA, COMO TAMBÉM PROPORCIONAR AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE CONHECIMENTOS QUE PODEM MELHORAR A SUA PERCEPÇÃO SOBRE ESSE TÓPICO, FORNECENDO INFORMAÇÕES EMBASADAS EM DADOS CIENTÍFICOS QUANDO NECESSÁRIO E AUXILIANDO NA QUEBRA DE PRECONCEITOS E TABUS A RESPEITO DA SEXUALIDADE NA VELHICE.

Veja o artigo completo: PDF