Resumo Trabalho

EFEITO DO MÉTODO PILATES SOLO NOS FATORES DE RISCO DA SARCOPENIA EM MULHERES IDOSAS FISICAMENTE INDEPENDENTES

BRUNA PRADO GOMES, RENATA PIRES TRICANICO MACIEL, ANDERSON DA SILVA HONORATO, WALTER SEPULVEDA LOYOLA e orientado por DENILSON DE CASTRO TEIXEIRA

A SARCOPENIA CONSISTE NA PERDA PROGRESSIVA E GENERALIZADA DE MÚSCULO ESQUELÉTICO E NO DECLÍNIO DA FORÇA MUSCULAR. ESTUDOS DEMONSTRAM QUE O MÉTODO PILATES (MP) AUMENTA A FORÇA MUSCULAR E MELHORA AS CAPACIDADES FUNCIONAIS. DESSA FORMA, O OBJETIVO DO ESTUDO FOI VERIFICAR O EFEITO DO MP NOS FATORES DE RISCO DE SARCOPENIA E NA COMPOSIÇÃO CORPORAL DE IDOSAS FISICAMENTE INDEPENDENTE DE LONDRINA/PR. EM UM ESTUDO CLÍNICO LONGITUDINAL, FORAM INCLUSAS 21 IDOSAS, COM IDADE MÉDIA DE 71,8 ± 6,79 ANOS. O MP FOI APLICADO NA MODALIDADE SOLO, 3 SESSÕES SEMANAIS, TOTALIZANDO 36 SESSÕES. NAS AVALIAÇÕES FORAM COLETADAS AS MEDIDAS ANTROPOMÉTRICAS, A MASSA LIVRE DE GORDURA, A AGILIDADE, O TESTE DE FORÇA DE PREENSÃO PALMAR E O QUESTIONÁRIO DE SARC-F. OS DADOS FORAM ANALISADOS PELO PROGRAMA SPSS (V. 22.0), E O NÍVEL DE SIGNIFICÂNCIA ADOTADO FOI DE 5% (P<0,05). O TESTE DE SHAPIRO-WILK FOI UTILIZADO PARA ANÁLISE DA NORMALIDADE NA DISTRIBUIÇÃO DOS DADOS E O TESTE T PAREADO OU WILCOXON PARA A COMPARAÇÃO DAS VARIÁVEIS. NOS ACHADOS OBSERVA-SE UM AUMENTO NA VELOCIDADE DE MARCHA (PRÉ: 4,25 ± 0,60 SEGUNDOS VS. PÓS: 3,79 ±0,68 SEGUNDOS; P=0,002*) E NA FORÇA DE PREENSÃO PALMAR (PRÉ: 24,90 ± 4,33 SEGUNDOS VS. PÓS: 26,10 ± 4,20 SEGUNDOS; P=0,03) E, UMA MENOR PONTUAÇÃO NO QUESTIONÁRIO (PRÉ: 2,45 ± 2,06 PONTOS VS. PÓS: 1,55 ± 1,77 PONTOS; P=0,009*). A PARTIR DA PESQUISA, VERIFICA-SE QUE O MP SOLO TEVE UM IMPACTO POSITIVO NOS FATORES DE RISCO DA SARCOPENIA, COMO NO AUMENTO NA VELOCIDADE DA MARCHA E NA FORÇA MUSCULAR.

Veja o artigo completo: PDF