Resumo Trabalho

CORRELAÇÃO FISIOPATOLÓGICA DE ESPÉCIES REATIVAS DE OXIGÊNIO E O DESENVOLVIMENTO DE DOENÇA DE ALZHEIMER

JENNEPH FÉLIX DOS SANTOS SILVA, ALLÂNY REBECKA NASCIMENTO DE SALES, EVELLYN BEATRIZ FERREIRA GOMES, ISADORA MARIA GOMES ALMEIDA e orientado por AUVANI ANTUNES DA SILVA JÚNIOR

A DOENÇA DE ALZHEIMER (DA) É CARACTERIZADA SUBSTANCIALMENTE PELA NEURODEGENERAÇÃO PROGRESSIVA ALÉM DE SER A PRINCIPAL DOENÇA NO GRUPO DAS DEMÊNCIAS. A DA INTERFERE DIRETAMENTE NA VIDA E ROTINA DO INDIVÍDUO, PREJUDICANDO A MEMÓRIA, A CAPACIDADE COGNITIVA E COMPORTAMENTAL. O OBJETIVO DESTE ESTUDO É ABORDAR A RELAÇÃO ENTRE A DA, OS RADICAIS LIVRES E A DIETA, A FIM DE APONTAR COMO ESSES FATORES PODEM CONTRIBUIR OU NÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO ALZHEIMER NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO. TRATA-SE DE UM ESTUDO DE REVISÃO LITERÁRIA INTEGRATIVA, NO QUAL FOI REALIZADO PESQUISA DE ARTIGOS INDEXADOS NAS BASES DE DADOS PUBMED, SCIENCE DIRECT E GOOGLE ACADÊMICO, NO PERÍODO DE 2014 A 2019, UTILIZANDO OS DESCRITORES “ALZHEIMER” AND “RADICAIS LIVRES” AND “ENVELHECIMENTO”. FORAM SELECIONADOS UM TOTAL DE 9 ARTIGOS, OS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO FORAM PUBLICAÇÕES EM INGLÊS E PORTUGUÊS, BEM COMO ARTIGOS NA ÍNTEGRA. A PARTIR DA ANÁLISE DO ARTIGOS, VERIFICOU-SE QUE O ESTRESSE OXIDATIVO ESTÁ INTIMAMENTE LIGADO À PEROXIDAÇÃO CEREBRAL E A FORMAÇÃO DE PLACAS β AMILOIDES QUE CONTRIBUEM PARA O DESENVOLVIMENTO PRECOCE DA DA. OUTRO ASPECTO ANALISADO DIZ RESPEITO À ALIMENTAÇÃO, CONSIDERADA POR MUITOS AUTORES COMO UM FATOR PROTETIVO, ATUANDO NA NEUTRALIZAÇÃO DOS RADICAIS LIVRES POR MEIO DE SUBSTÂNCIAS PRÓ-OXIDANTES, COMO A VITAMINA C. O CONHECIMENTO DA DOENÇA E SUAS FORMAS DE ATUAÇÃO É PRIMORDIAL PARA A CRIAÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE TRATAMENTO E PREVENÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER.

Veja o artigo completo: PDF