Resumo Trabalho

ENVELHECIMENTO E SUAS VULNERABILIDADES: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

ROSINALDO CARDOSO DOS SANTOS, ALANNA FERREIRA CASSÉ e orientado por TACIANA MARIA BEZERRA DE ARAÚJO

A FUNÇÃO QUANDO ALTERADA OU DIMINUÍDA REPERCUTE NOS SISTEMAS DO CORPO DE MANEIRA QUE PODEM OU NÃO APRESENTAR INCAPACIDADES NO DIA A DIA. DENTRO DAS LIMITAÇÕES MUSCULOESQUELÉTICAS, ENCURTAMENTOS DE TECIDOS, DIMINUIÇÃO DE AMPLITUDES DE MOVIMENTOS, DA MASSA ÓSSEA E/OU MUSCULAR, RIGIDEZ ARTICULAR, SÃO FATORES QUE CONTRIBUEM NA DIMINUIÇÃO DE HABILIDADES NECESSÁRIAS NO COTIDIANO DE QUALQUER SER HUMANO. ASSIM O OBJETIVO DESTE ESTUDO FOI IDENTIFICAR FATORES QUE AUMENTAM A VULNERABILIDADE DOS IDOSOS PREJUDICANDO-OS NO SEU COTIDIANO DURANTE SUAS ATIVIDADES DIÁRIAS. TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA QUE BUSCA IDENTIFICAR NA ÁREA DA SAÚDE EVIDÊNCIAS DO TEMA ESCOLHIDO. NO BRASIL OS ESTUDOS MOSTRAM A PREVALÊNCIA DO SEXO FEMININO NA POPULAÇÃO IDOSA, CONSEQUENTEMENTE TAMBÉM REPERCUTI NO NÚMERO DE MAIOR PROPENSÃO DE VULNERABILIDADES. ENCONTROU-SE A RELAÇÃO ENTRE A FRAGILIDADE, IDADE, SEXO, DOENÇAS CRÔNICAS E INCAPACIDADE FUNCIONAL NOS IDOSOS, FATORES NO QUAL REFLETEM NEGATIVAMENTE EM SUAS ATIVIDADES DO COTIDIANO SENDO ASSIM, PARA SEREM CONSIDERADOS INDEPENDENTES, GARANTINDO A SUA FUNCIONALIDADE É COMPREENDIDO QUE ÓRGÃOS COMPETENTES, FAMILIARES, CUIDADORES E SOCIEDADE NO GERAL ESTEJAM ATENTOS A DETALHES QUE SE MOSTRAM EVIDENTES NO DIA A DIA DO IDOSO, DE FORMA QUE POSSAM IDENTIFICAR COM ANTECEDÊNCIA SINAIS DE FRAGILIDADE QUE OFERECEM RISCO A SAÚDE, ASSOCIADO TAMBÉM A EFETIVIDADE E EFICIÊNCIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NO ÂMBITO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL.

Veja o artigo completo: PDF