Resumo Trabalho

EFEITO DO EXERCÍCIO FÍSICO EM PESSOAS IDOSAS DIAGNOSTICADAS COM DIABETES MELLITUS TIPO II – ESTUDO PRELIMINAR

CRISTINA MARIA DE OLIVEIRA TRINDADE, RENATO MELO FERREIRA e orientado por PAULO ERNESTO ANTONELLI e orientado por PAULO ERNESTO ANTONELLI

Ao longo do processo de envelhecimento ocorre naturalmente um declínio da capacidade funcional, um possível aparecimento de doenças neurodegenerativas e os efeitos negativos das doenças crônicas são perceptíveis, além de possíveis dificuldades em realizar tarefas do cotidiano que requerem força e flexibilidade. Através do programa Atividade Física para Idosos Diabéticos vinculado a Universidade Federal de Ouro Preto – MG foram avaliados parâmetros bioquímicos dos participantes do programa por um período de um ano. O objetivo foi avaliar a eficácia de exercícios físicos combinados (aeróbios e resistidos) e com diferentes intensidades nas taxas de glicose, HbA1c e colesterol total e triglicerídeos desse grupo de idosos diagnosticados com DM Tipo II. Trata-se de um estudo descritivo realizado com idosos participantes regulares do programa. O estudo foi composto por 12 idosos diagnosticados com Diabetes Mellitus Tipo II (DM2), com idade entre 66 anos a 80 anos, ativamente participantes do programa. Sendo realizado duas vezes por semana no período vespertino, 60 minutos por dia de exercícios físicos combinados (aeróbio e resistido). As sessões de exercícios foram divididas em sessão inicial, exercícios como dança e caminhada; exercícios aeróbios, desenvolvidos em forma de circuito, abrangendo exercícios como passadas por cones e arcos, caminhada mais intensa; exercícios resistidos como, por exemplo, elevação frontal e lateral, afundo, remada e agachamentos, além de alguns exercícios visando o equilíbrio. Os resultados, que foram analisados através do programa estatístico média/desvio padrão/ distribuição de frequência - EXCEL apontam que um ano após o início da coleta de dados ocorreu uma redução nos índices de glicose de cerca de 18,1%. Para hemoglobina glicada (HbA1c), observou-se diminuição de 14,2% no mesmo período. As medidas de colesterol total e triglicerídeos também diminuíram ao longo do programa, sendo que o colesterol apresentou uma redução de 10,4% e triglicerídeos de 7%. Mesmos os resultados sendo preliminares, o programa se mostrou eficaz nos objetivos propostos. A manutenção da prática de exercícios físicos é fundamental para melhoria dos parâmetros bioquímicos citados e uma forma para reduzir diversos declínios funcionais associados ao envelhecimento.

Veja o artigo completo: PDF