Resumo Trabalho

CAUSAS DE INTERNAMENTO DE IDOSOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA DE UM HOSPITAL PÚBLICO NO PARANÁ

KAMILA MOREIRA e orientado por JACY AURELIA VIEIRA DE SOUSA

O IDOSO É MAIS SUSCEPTÍVEL A DESENVOLVER PROCESSOS PATOLÓGICOS EM QUE ESSE PROCESSO É REFLEXO DO HISTÓRICO DE VIDA DO INDIVÍDUO, E TAIS DOENÇAS PODEM SE AGRAVAR E LEVAR O IDOSO A NECESSITAR DO APORTE QUE SÃO AS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA (UTI). ESTE ESTUDO OBJETIVOU IDENTIFICAR AS CAUSAS DE INTERNAMENTO DOS IDOSOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA DE UM HOSPITAL PÚBLICO NA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS, NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA, PARANÁ, NO ANO DE 2017. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO RETROSPECTIVO, QUANTITATIVO, COMPOSTO POR 64 PACIENTES INTERNADOS NA UTI COM MÉDIA DE IDADE DE 72,5 E MÉDIA DO TEMPO DE INTERNAMENTO DE 7,7 DIAS. AS VARIÁVEIS ESTUDADAS FORAM: SEXO, IDADE, TEMPO DE INTERNAMENTO, GRAU DE ESCOLARIDADE, NÚMERO E MOTIVOS DAS CAUSAS DE INTERNAMENTO. A AMOSTRA TOTAL DO ESTUDO FOI COMPOSTA POR 64 IDOSOS INTERNADOS NA UTI, SENDO QUE HOUVE PREDOMÍNIO DE 38 (59,4%) HOMENS. A IDADE MÉDIA DOS IDOSOS FOI DE 72,5 (MÍN:60; MÁX:90) ANOS. EM QUESTÃO AO GRAU DE ESCOLARIDADE DOS IDOSOS, HOUVE PREDOMÍNIO DE ANALFABETOS (25; 39,1%). QUANTO AOS MOTIVOS QUE LEVARAM OS IDOSOS A SEREM INTERNADOS, OS DISTÚRBIOS CARDIOVASCULARES FOI O GRANDE RESPONSÁVEL PELO INTERNAMENTO DOS IDOSOS (17; 56,6%). COM BASE NESSE ESTUDO, É ESSENCIAL QUE SEJAM FORTALECIDAS AS POLÍTICAS DE ATENÇÃO À SAÚDE PRINCIPALMENTE À SAÚDE DO IDOSO, PARA OFERECER PROMOÇÃO A SAÚDE PARA TODOS.

Veja o artigo completo: PDF