Resumo Trabalho

A CAPACITAÇÃO EM TERAPIA LARVAL COMO TÉCNICA PARA O TRATAMENTO DE LESÕES CUTÂNEAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

PAULA BEATRIZ DE SOUZA MENDONÇA, WIZIANE SILVANEIDE CLEMENTINO DA SILVA, JUCIELLY FERREIRA DA FONSECA e orientado por SORAYA MARIA DE MEDEIROS

A LONGA PERMANÊNCIA EM LEITO, DECORRENTE DOS GRANDES PERÍODOS DE TRATAMENTOS EM INTERNAMENTOS, SÃO UM DOS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO PARA O SURGIMENTO DE UMA LESÃO, OS IDOSOS SÃO O GRUPO DE PACIENTES COM MAIOR INCIDÊNCIA. A ESCOLHA DO TRATAMENTO ADEQUADO PARA CADA PACIENTE É FUNDAMENTAL PARA O NÃO AGRAVAMENTO DAS LESÕES, QUE OCORRA MENOR DANO A SAÚDE. ENTRE OS DIVERSOS TRATAMENTOS PARA LESÃO EXISTENTE, A TERAPIA LARVAL (TL) TAMBÉM CONHECIDA COMO LARVOTERAPIA, BIODEBRIDAMENTO, BIOTERAPIA E BIOCIRURGIA É A UTILIZAÇÃO DE LARVAS NO TRATAMENTO DAS LESÕES CUTÂNEAS. SENDO O OBJETIVO DESTE ESTUDO RELATAR AS EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS A PARTIR DA CAPACITAÇÃO EM TL. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO DO TIPO RELATO DE EXPERIÊNCIA, REALIZADO A PARTIR DA CAPACITAÇÃO EM TL PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE, PROMOVIDA PELA COMISSÃO DE CURATIVOS DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2018, COM UMA MÉDIA DE 30 PARTICIPANTES. A PRINCÍPIO TIVE UM CERTO RECEIO DE COMO SERIA A TÉCNICA DA TL, POR VER DIVERSAS FERIDAS INFECTADOS POR MIÍASE (LARVAS) PRINCIPALMENTE EM PÉ DIABÉTICO. NA CAPACITAÇÃO PUDE PERCEBER QUE O COMPORTAMENTO DA LARVA NO LEITO DA FERIDA É FANTÁSTICO, ELA SÓ SE ALIMENTA DO TECIDO NECROSADO REALIZADO. O DEBRIDAMENTO BIOLÓGICO AJUDA NA REVITALIZAÇÃO E REGENERAÇÃO DO TECIDO, OCASIONANDO A CICATRIZAÇÃO DA FERIDA. A EMPATIA GERADA APÓS OS RESULTADOS, NÓS ENCORAJA COMO PROFISSIONAL A PROPAGAÇÃO DESTE MÉTODO, COMO FORMA EVITAR DANOS DESNECESSÁRIOS POR MEIO DOS PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS. A TL TRAZ ESPERANÇA PARA O CUIDADO COM FERIDAS AO RESPEITAR A VIDA E A INTEGRIDADE DO PACIENTE.

Veja o artigo completo: PDF