Resumo Trabalho

A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA COM A SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINA D EM IDOSOS COM ARTRITE REUMATOIDE

AIDA CRUZ MACHADO, MARIA IZABEL DOS SANTOS NOGUEIRA e orientado por ANA KARINA DA CRUZ MACHADO

SEGUNDO A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS, 2016), AS DOENÇAS CRÔNICAS SÃO RESPONSÁVEIS POR 70% DE TODAS AS MORTES NO MUNDO ACARRETANDO UM PROBLEMA DE ORDEM GLOBAL DE SAÚDE, GERANDO PERDA DA QUALIDADE DE VIDA. ALGUMAS DESSAS DOENÇAS PODEM SER EVITADAS, SOBRETUDO QUANDO SÃO OCASIONADAS PELA CARÊNCIA EM VITAMINAS, COMO É O CASO DA ARTRITE REUMATOIDE, ONDE, A AUSÊNCIA DE VITAMINA D NO ORGANISMO DOS IDOSOS CAUSA UM GRANDE IMPACTO. O PRESENTE TRABALHO TEM O OBJETIVO DE DESTACAR A IMPORTÂNCIA DA SUPLEMENTAÇÃO DA VITAMINA D EM IDOSOS COM ARTRITE REUMATOIDE PARA A MELHORIA DA SUA QUALIDADE DE VIDA. COMO METODOLOGIA, FOI REALIZADA UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA, NO INTUITO DE DEMONSTRAR A EFICÁCIA DA VITAMINA D NOS PROCESSOS INFLAMATÓRIOS REUMÁTICOS EM IDOSOS COM CARÊNCIAS VITAMÍNICAS. ESPERA-SE COM ISSO, DEMONSTRAR A RELEVÂNCIA DOS SUPLEMENTOS VITAMÍNICOS NOS PROCESSOS DE SAÚDE / DOENÇA DO ORGANISMO HUMANO IDOSO E AS FORMAS DE COMBATE, CONTRIBUINDO ASSIM COM UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL NA VELHICE. OS RESULTADOS APONTAM QUE IDOSOS DESNUTRIDOS ADOECEM COM MAIOR FACILIDADE, TEM MAIOR RISCO PARA INFECÇÕES E MAIOR PROBABILIDADE DE FRAQUEZA MUSCULAR. ALÉM DISSO, A CARÊNCIA DA VITAMINA D É RELACIONADA CONSTANTEMENTE COM DOENÇAS AUTOIMUNES COMO A ARTRITE REUMATOIDE, ESCLEROSE MÚLTIPLA DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL, LÚPUS ERITEMATOSO, ENTRE OUTRAS, E NESSE SENTIDO FALAR SOBRE A SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINA É FALAR TAMBÉM SOBRE QUALIDADE DE VIDA.

Veja o artigo completo: PDF