Resumo Trabalho

HOSPITALIZAÇÃO DA PESSOA IDOSA: DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM UTILIZADOS

ÂNGELA MARINA BATISTA DA SILVA, ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONÇA, RAFAELLA GUILHERME GONÇALVES, CARLOS JORDÃO DE ASSIS SILVA e orientado por GABRIELA DE SOUZA MARTINS MELO e orientado por GABRIELA DE SOUZA MARTINS MELO

Introdução: O processo de hospitalização no envelhecimento favorece a desestabilidade funcional, recorrência de internações, maior institucionalização do paciente idoso, além de favorecer condições que levam ao óbito. Traçar Diagnósticos de Enfermagem é essencial na evolução do estado de saúde da pessoa idosa hospitalizada e com isso proporcionar uma assistência qualificada. Objetivo: Identificar na literatura científica os Diagnósticos de Enfermagem atribuídos à pessoa idosa hospitalizada. Metodologia: Revisão integrativa com abordagem quantitativa e análise descritiva. Investigação feita de março a maio de 2016. Fontes de dados: Scientific Electronic Library Online e Biblioteca Virtual de Saúde. Resultados: Foram encontrados 55 distintos Diagnósticos de Enfermagem da NANDA Internacional 2015-2017. Destacaram-se: “Risco de Quedas” com 42,0%, “Risco de Infecção” e “Mobilidade Física Prejudicada”, ambos com 33,3% e também, “Risco de Integridade da Pele Prejudicada”, “Integridade da Pele Prejudicada”, “Fadiga”, “Dor Aguda” e “Conhecimento Deficiente”, todos com frequência individual de 25,0%. Os domínios Segurança/Proteção, Eliminação e Troca e Atividade/Repouso obtiveram maior frequência. Discussão: A Organização Mundial da Saúde ressalta a importância de condutas voltadas para a segurança do paciente, com o objetivo de frear os danos e riscos dispensáveis associados ao cuidado de saúde. Os fatores de risco associados ao envelhecimento relacionados à hospitalização podem ser trabalhados através do planejamento de assistência individualizada, resolutiva e de qualidade. Conclusão: Sendo possível ter uma visão mais ampla dos diagnósticos de enfermagem que acometem a pessoa idosa hospitalizada, o trabalho do enfermeiro com a utilização do Processo de Enfermagem poderá ser mais eficaz.

Veja o artigo completo: PDF